Ministério da Economia piora projeção para dívida bruta a 96% do PIB em 2020

Em caso de choque econômico negativo, o indicador alcançará 125,2% do PIB em 2029

Redação
Compartilhe esta publicação:
SEAN GLADWELL / GettyImages
SEAN GLADWELL / GettyImages

Em caso de choque econômico negativo, o indicador alcançará 125,2% do PIB em 2029

Acessibilidade


O Ministério da Economia piorou hoje (30) sua projeção para a dívida bruta em 2020 a 96% do Produto Interno Bruto (PIB), ante 93,9% e indicou que, em caso de choque negativo, o indicador alcançará 125,2% do PIB em 2029.

Em seu cenário base, contudo, a pasta prevê que a dívida bruta seguirá em ascensão nos próximos anos até atingir 100,8% do PIB em 2026. A partir de então, ela recuaria até 98% do PIB em 2029.

O ministério também piorou sua estimativa para a dívida líquida a 68,2% do PIB neste ano, sobre 67,8% anteriormente.
As contas consideraram uma queda real do PIB de 5% em 2020, em linha com a projeção do mercado apontada no boletim Focus de 19 de outubro. Antes, a equipe econômica vinha considerando uma retração de 4,7% para a atividade econômica.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: