Sem estímulo nos EUA, Ibovespa encerra com leve alta e mantém patamar dos 100 mil pontos

Reprodução/Forbes

O Ibovespa encerrou a sessão desta quarta-feira (21) com ganhos tímidos, mas sustentando o patamar dos 100 mil pontos em um dia marcado pela volatilidade nos mercados globais, com os investidores à espera de notícias sobre um novo pacote de estímulo econômico nos EUA. O Ibovespa fechou em alta de 0,01% aos 100.552 pontos, enquanto em Wall Street o Dow Jones recuou 0,35%, o S&P 500 perdeu 0,22% e o Nasdaq teve desvalorização de 0,28%.

O dólar encerrou o dia com leve valorização, subindo 0,02% e negociado a R$ 5,61. De acordo com Orlando Bachesque, assessor de investimentos da Alta Vista, agente autônomo da XP, “o cenário para o câmbio no Brasil continuará de dólar alto, embora até o final do ano esperemos algum ajuste.”

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A Receita Federal informou hoje que a arrecadação do governo teve alta real de 1,97% em setembro em relação ao mesmo mês do ano passado, a R$ 119,825 bilhões, maior valor para o mês desde 2014, impulsionado pelo recolhimento de Imposto de Renda das empresas. O resultado veio acima da expectativa de arrecadação de R$ 118,5 bilhões, segundo pesquisa da Reuters junto a analistas.

No cenário político, o governo segue preparando terreno para a regulamentação do teto dos gastos e criação do Renda Cidadã, embora as pautas devem ganhar força apenas após as eleições municipais.

No exterior, a Casa Branca e parlamentares democratas estão perto de um acordo sobre o pacote de estímulo fiscal, após mais uma rodada de conversas entre a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, informou o porta-voz de Pelosi em comunicado.”As conversas de hoje nos colocam mais perto de conseguir redigir o texto da legislação”, disse Drew Hammill.

O presidente Donald Trump já sinalizou disposição para um pacote de montante superior a US$ 2 trilhões para a economia, como os democratas pressionam há meses. “Eu quero isso ainda maior do que os democratas”, disse Trump em entrevista à Fox News. O montante, no entanto, enfrentaria resistência entre os republicanos no Senado.

Na Europa, ações europeias encerraram mais um dia em queda, pressionadas por papéis dos setores de saúde e construção civil. O FTSE 100, de Londres, recuou 1,91% no dia e o CAC 40, da França, teve queda de 1,53%.

O dia é de destaque para o bitcoin, a criptomoeda bateu patamares históricos no Brasil após o PayPal anunciar a inclusão de criptos em sua rede de pagamentos. A moeda digital subia 6,65%, negociada a R$ 71.394,00 às 17h24, horário de Brasília. A desvalorização do real frente ao dólar também colabora com a cotação elevada do BTC no cenário doméstico. (Com Reuters)

Destaques do Ibovespa

Maiores Altas

QUAL3: +5,38% a R$ 34,25
BRKM5: +4,86% a R$ 24,38
MULT3: +4,72% a R$ 22,18
EZTC3: +3,96% a R$ 40,96
IGTA3: +3,63% a R$ 34,26

Maiores Baixas

WEGE3: -6,27% a R$ 78,31
IRBR3: -3,80% a R$ 6,83
RENT3: -2,84% a R$ 62,64
CVCB3: -2,84% a R$ 15,08
LAME4: -2,74% a R$ 26,65

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).