S&P mantém rating para créditos de emissões privadas do Banco Original

d3sign/GettyImage
d3sign/GettyImage

Agência norte-americana de riscos S&P manteve os ratings do Banco Original para os créditos de emissor privados de longo e curto prazos.

Em relatório divulgado na sexta-feira (9), a agência norte-americana de riscos S&P manteve os ratings do Banco Original para os créditos de emissor privados de longo e curto prazos. De acordo com a agência, os créditos seguem classificados como brA-/brA-2.

O relatório indica perspectiva econômica negativa no médio prazo, porém a agência avalia que o banco brasileiro segue com capacidade e perspectiva de reserva de capital que supera os requisitos regulatórios para os próximos trimestres. “O banco está em transição para ampliar seus serviços digitais, o que provavelmente continuará afetando seu desempenho operacional, mas melhorará a diversificação dos negócios no médio a longo prazo”, aponta o relatório

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Para o S&P, a avaliação negativa do rating para o longo prazo nos próximos 12 meses é atribuída aos impactos gerados pela pandemia, as dificuldades econômicas atuais, e a aceleração dos negócios de varejo.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).