Vemos queda de 4% do PIB em 2020 e temos apoio do presidente para teto de gastos, diz Guedes

Adriano Machado / Reuters
Adriano Machado / Reuters

Oficialmente, a projeção do Ministério da Economia é de contração de 4,7% da atividade em 2020

O ministro da Economia Paulo Guedes, previu hoje (19) uma queda de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) para o Brasil neste ano e reforçou que o time econômico conta com o apoio do presidente Jair Bolsonaro para manutenção do teto de gastos.

Oficialmente, a projeção do Ministério da Economia é de contração de 4,7% da atividade em 2020.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Em vídeo gravado para Cúpula da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, transmitida pela internet, Guedes disse que haverá luta pela manutenção do teto de gastos enquanto for necessário, reconheceu também que há ministros que querem expandir as despesas públicas furando o mecanismo, mas pontuou que Bolsonaro “está claramente do nosso lado”.

“Se desindexarmos o Orçamento, desvincularmos todos esses gastos e a classe política tomar controle do orçamento novamente, como em qualquer outro país, poderíamos nos dar ao luxo de liberar esse teto”, afirmou. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).