Aposta em vitória de Biden e Congresso equilibrado impulsiona mercado de ações

Reprodução/Forbes

O Ibovespa acompanhou o otimismo do exterior e fechou o dia alta de 1,97% aos 97.866 pontos, enquanto o Nasdaq Composite – índice norte-americano de referência em tecnologia – liderou os ganhos em Wall Street, avançando 3,85% na sessão, ao lado do S&P500 subindo 2,20% e de 1,34% de valorização no Dow Jones.

Apesar da indefinição na disputa eleitoral nos EUA, o mercado acredita que a manutenção da maioria republicana no Senado irá limitar o poder de fogo de um possível governo Joe Biden, em especial na implementação de drásticas mudanças para o ambiente de negócios, tais como novos impostos para as empresas. A aposta em uma combinação Biden eleito e Congresso dividido entre democratas e republicanos deu fôlego ao mercado de ações no dia.

“Isso é extremamente importante para as empresas americanas porque, sem o Senado, os democratas não conseguem passar aumentos de impostos facilmente”, explicou o diretor de investimentos da Kilima Gestão de Recursos, Eduardo Levy. “A dobradinha de estabilidade na presidência com uma segurança maior no que diz respeito aos impostos” apoiou os ganhos, disse.

Mesmo sem a contabilização de todos os votos, Trump afirmou que ganhou a disputa e que irá à Suprema Corte para lutar pela vitória, se necessário. Sua campanha ingressou com uma ação em Michigan para interromper a contagem de votos. Às 18h11, horário de Brasília, Joe Biden tinha 248 dos delegados, contra 214 de Donald Trump.

O apetite por riscos dos investidores pressionou o dólar que encerrou o dia em queda de 1,86%, cotado a R$ 5,65 na venda.

No Brasil, dados macroeconômicos como o crescimento acima do esperado da produção industrial em setembro, e movimentações em Brasília, onde o Senado aprovou ontem (3) a proposta que confere autonomia formal ao Banco Central, dividiram os holofotes com o noticiário corporativo. Hoje, o Itaú Unibanco anunciou planos para uma possível cisão do investimento na XP. A notícia impulsionou os papéis do Itaú na B3, que subiram 3,99% na sessão. (Com Reuters)

DESTAQUES DO IBOVESPA

Maiores Altas
CYRE3: +7,14% a R$ 24,47
LREN3: +6,91% a R$ 40,68
BTOW3: +6,61% a R$ 81,00
ECOR3: +6,55% a R$ 10,58
COGN3: +6,43% a R$ 4,47

Maiores Baixas
CSNA3: -4,69% a R$ 21,34
GOAU4: -3,94% a R$ 9,99
GGBR4: -3,88% a R$ 22,28
USIM5: -3,71% a R$ 11,15
IRBR3: -2,97% a R$ 6,21

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).