Banco dos Brics vai entrar com US$ 3 bi no país, diz Guedes

Adriano Machado / Reuters
Adriano Machado / Reuters

Guedes reiterou que a alta recente da inflação é transitória e que a recuperação da economia está sendo em formato de V

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje (19) que o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), mais conhecido como Banco dos Brics, irá injetar recursos de US$ 3 bilhões no país nos próximos meses.

“O banco foi fundado em 2016, tínhamos tomado apenas 700 milhões de dólares. Nos próximos dois, três meses temos US$ 3 bilhões para entrar para investimentos, para ajudar no coronavírus, para investimentos em infraestrutura”, afirmou ele, ao participar de evento promovido pela revista Exame.

Em sua fala, Guedes reiterou que a alta recente da inflação é transitória e que a recuperação da economia está sendo em formato de V. Ele voltou a defender o teto de gastos, especialmente num contexto em que as despesas são indexadas e obrigatórias.

“Enquanto o Brasil não tiver coragem de enfrentar esse problema de indexação automática de despesas, onde a classe política não controla 96% dos orçamentos, não podemos sonhar em abrir mão dessa bandeira do teto”, disse.

Segundo Guedes, o Brasil fechará 2020 com perda de empregos equivalente a cerca de um terço do que foi registrado na crise de 2015. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).