Biden escolherá Yellen para Tesouro dos EUA, primeira mulher a ocupar o cargo

Brian Snyder / GettyImages
Brian Snyder / GettyImages

Papel no Tesouro é primordial para influenciar a política fiscal e tributária dos EUA

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, deve escolher a ex-chair do Federal Reserve Janet Yellen como secretária do Tesouro norte-americano, segundo dois aliados democratas.

Um porta-voz da campanha de Biden não quis comentar. Contatada por telefone, Yellen também não quis comentar.

Yellen, de 74 anos, seria a primeira mulher a chefiar o Tesouro, e a escolha de Biden representa um movimento em direção a uma experiente formuladora de política econômica, respeitada pelo Congresso, autoridades financeiras internacionais, interesses progressistas e também empresariais.

O Wall Street Journal informou nesta segunda-feira que Biden planejava escolher Yellen.

Yellen defendeu aumento nos gastos do governo para impulsionar a economia dos EUA após a profunda recessão provocada pelo coronavírus e frequentemente citou a crescente desigualdade econômica no país como uma ameaça aos valores da América e a seu futuro.

No Tesouro, ela teria um papel importante em influenciar a política fiscal e tributária dos EUA, ferramentas que ela não tinha no Fed, instituição que comandou de 2014 a 2018. Yellen foi vice-chair de 2010 a 2014.

Filha de um médico de família e de uma professora do ensino fundamental no Brooklyn, Yellen obteve o doutorado em Economia em Yale e lecionou a disciplina na Universidade da Califórnia, Berkeley, na Universidade de Harvard e na London School of Economics (LSE). (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).