BofA vê sinergia de US$ 11 por ação para StoneCo após aquisição da Linx

Por volta de 14h40, horário de Brasília, StoneCo subia 2,4% em Nova York, onde é negociada, a US$ 68,39.

Redação
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/GettyImages
SOPA Images/GettyImages

Por volta de 14h40, horário de Brasília, StoneCo subia 2,4% em Nova York, onde é negociada, a US$ 68,39

Acessibilidade


Analistas do Bank of America estimam sinergias de US$ 11 por ação para a StoneCo com a aquisição da Linx, em cálculo que contempla benefício fiscal de ágio, receitas de vendas cruzadas e ganhos de eficiência.

Acionistas da Linx aprovaram na terça (17) a proposta de aquisição da processadora de cartões, em um negócio de aproximadamente R$ 6,8 bilhões.

Após a decisão, a equipe do BofA elevou o preço-alvo de StoneCo para US$ 68, de US$ 61 antes, para incorporar as sinergias, mas reiterou recomendação “neutra”, conforme relatório a clientes.

“Embora gostemos da estratégia por trás da transação e acreditemos que a administração da Stone tenha comprovado habilidades de execução, acreditamos que a ação já está precificando o potencial de valorização da transação.”

A operação, marcada pela disputa com a Totvs e críticas por parte de acionistas minoritários, ainda depende de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Por volta de 14h40, horário de Brasília, StoneCo subia 2,4% em Nova York, onde é negociada, a US$ 68,39. Na B3, Linx tinham valorização de 0,78%, a R$ 36,30. Desde as primeiras notícias do acordo, em agosto, StoneCo subiu cerca de 45% e Linx avançou quase 40%. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: