Embraer tem prejuízo de US$ 121 mi no 3º tri

Receita de jatos comerciais foi a mais atingida, caindo de US$ 408 milhões um ano atrás para US$ 177 milhões.

Redação
Compartilhe esta publicação:

Reprodução/Reuters

Acessibilidade


A Embraer divulgou hoje (10) um prejuízo de US$ 121 milhões no terceiro trimestre, uma vez que a pandemia de coronavírus restringiu as viagens ao redor do mundo, atingindo a demanda por jatos comerciais e aviões particulares.

A receita de jatos comerciais foi a mais atingida, caindo de US$ 408 milhões um ano atrás para US$ 177 milhões, uma vez que a pandemia devastou as viagens comerciais.

Mas a divisão de jatos executivos, que alguns analistas acreditam ser um ponto positivo, já que pessoas ricas gastariam para viajar isolados, também caiu significativamente. A receita de jatos executivos ficou em US$ 212 milhões, de US$ 363 milhões um ano atrás.

Sua divisão de defesa, no entanto, conseguiu aumentar sua receita com entregas maiores de aviões militares. Ainda assim, a divisão de defesa da Embraer continua sendo um segmento de negócios menor do que a fabricação de aviões civis.

A empresa teve consumo de caixa de US$ 567 milhões durante o trimestre. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: