Ibovespa fecha 6ª sessão em alta com Petrobras e blue chips

O viés otimista da Bolsa é reforçado ainda pela entrada de capital externo no mercado brasileiro nos últimos dias.

Ana Paula Pereira
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou em alta pelo sexto pregão consecutivo nesta terça-feira (10), ganhando 1,5% aos 105 mil pontos com os papéis da Petrobras entre os principais suportes, com alta de 9%. Os preços do petróleo subiram 3% hoje diante da expectativa de que a vacina da Pfizer/BioNTech possa impulsionar a recuperação da demanda global pela commodity. O índice brasileiro teve apoio ainda de outras blue chips como Bradesco, Itaú Unibanco e Ambev. O volume financeiro da sessão foi novamente expressivo e somou R$ 48,1 bilhões.

O viés otimista da Bolsa é reforçado ainda pela entrada de capital externo no mercado brasileiro nos últimos dias. No mês novembro até a última sexta-feira (6), o fluxo estrangeiro na Bolsa brasileira, excluindo IPOs e follow-ons, está positivo em R$ 3,26 bilhões, embora no ano o saldo ainda seja negativo em R$ 81,6 bilhões.

O dólar oscilou ao longo da sessão, mas fechou perto da estabilidade com alta de 0,06%, negociado a R$ 5,39 na venda. Os investidores apostaram na cautela passada a euforia das eleições norte-americanas e as notícias positivas de progressos em vacinas contra o coronavírus.

No exterior, os índices em Wall Street fecharam o dia em campo misto, com perdas mais acentuadas no benchmark de tecnologia Nasdaq Composite, que fechou em queda de 1,37%. Também em baixa, o S&P 500 perdeu 0,14%, enquanto o Dow Jones teve alta de 0,9% na sessão. Além da realização de lucros dos pregões anteriores, o movimento do dia reflete cautela do mercado frente à segunda onda de coronavírus nos EUA. O país tem registrado pelo menos 100 mil novas infecções diárias desde a última semana e já soma 10 milhões de casos desde o início da pandemia.

Mais cedo, o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou em coletiva de imprensa que nada irá impedir a transferência de governo no país, apesar de o presidente Donald Trump afirmar, sem evidências, que a eleição foi manchada por fraudes e de alguns de seus aliados republicanos apoiarem investigações sobre o processo eleitoral. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

DESTAQUES DO IBOVESPA

Maiores Altas
SANB11: +8,09% a R$ 36,99
UGPA3: +7,85% a R$ 21,58
PETR3: +7,85% a R$ 23,62
PETR4: +6,71% a R$ 23,06
ABEV3: +6,61% a R$ 15,16

Maiores Baixas
BTOW3: -8,31% a R$ 73,07
TOTS3: -7,18% a R$ 27,26
GGBR4: -5,50% a R$ 20,79
MGLU3: -4,57% a R$ 25,24
CSNA3: -4,49% a R$ 20,01

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: