OMC vê recuperação no comércio, mas espera desaceleração no fim do ano

Relaxamento nos lockdowns impulsionou recuperação

Redação
Compartilhe esta publicação:
Denis Balibouse / Reuters
Denis Balibouse / Reuters

Relaxamento nos lockdowns impulsionou recuperação

Acessibilidade


A Organização Mundial do Comércio disse hoje (20) que o comércio global de bens se recuperou no terceiro trimestre em relação aos lockdowns provocados pela Covid-19, mas previu uma desaceleração no final de 2020.

A OMC disse que seu termômetro para o comércio de bens subiu para 100,7 pontos, ante uma mínima recorde de 84,5 pontos registrada em agosto, impulsionado por um aumento nas encomendas de exportação. Uma leitura maior que 100 indica crescimento acima da tendência.

“A leitura mais recente indica uma forte recuperação do comércio no terceiro trimestre, pois os lockdowns foram relaxados, mas é provável que o crescimento desacelere no quarto trimestre à medida que a demanda reprimida se esgota e o reabastecimento de estoque termina”, disse a OMC.

A OMC disse que as perspectivas para o comércio são incertas, com uma segunda onda de infecções por Covid-19 levando a novos lockdowns na Europa e na América do Norte, o que poderia desencadear outra rodada de fechamentos de empresas. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: