Banco Central vê piora expressiva em investimentos estrangeiros

Priscila Zambotto / GettyImages
Priscila Zambotto / GettyImages

Projeção é de déficit em conta corrente de US$ 19 bilhões para o ano que vem, acima do patamar de US$ 16,7 bilhões calculado antes

O Banco Central piorou expressivamente sua perspectiva quanto ao Investimento Direto no País (IDP) este ano, calculando que ele será de US$ 36 bilhões, ante projeção anterior de US$ 50 bilhões, feita em setembro.

“Houve forte redução na projeção de IDP … em virtude do resultado dos últimos meses, que refletem lucros reinvestidos em patamar mais deprimido e amortizações de operações intercompanhia acima do projetado no cenário anterior”, disse o BC.

O dado consta em seu Relatório Trimestral de Inflação, publicado hoje (17). Para o ano que vem, a previsão para o IDP também caiu a US$ 60 bilhões, contra patamar de US$ 65,2 bilhões visto em setembro.

No relatório, o BC ajustou sua estimativa para o déficit em transações correntes a US$ 7 bilhões em 2020, abaixo do rombo de US$ 10,2 bilhões projetado em setembro. Segundo o BC, isso reflete “o desempenho favorável das exportações”.

Para 2021, a projeção agora é de déficit em conta corrente de US$ 19 bilhões, acima do patamar de US$ 16,7 bilhões calculado antes. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).