Confiança da indústria no Brasil salta em dezembro, diz FGV

Alta no resultado é consequência de avaliações positivas sobre o momento presente e otimismo em relação aos próximos meses.

Redação
Compartilhe esta publicação:
David Gray / Reuters
David Gray / Reuters

Alta no resultado é consequência de avaliações positivas sobre o momento presente e otimismo em relação aos próximos meses

Acessibilidade


A confiança da indústria no Brasil deve manter uma tendência de recuperação iniciada no segundo trimestre e saltar a seu maior patamar em dez anos e meio em dezembro, mostrou uma prévia da Fundação Getulio Vargas (FGV) hoje (18).

Dados preliminares da Sondagem da Indústria sinalizam ganho de 1,5 ponto no Índice de Confiança da Indústria (ICI), a 114,6 pontos, máxima desde junho de 2010. Essa seria a oitava alta consecutiva do indicador, dando continuidade a uma retomada do setor industrial iniciada em maio.

Segundo a FGV, “a alta no resultado prévio da confiança da indústria é consequência de avaliações mais positivas sobre o momento presente e otimismo em relação aos próximos meses”.

O Índice de Situação Atual deve saltar 1,6 ponto, a 119,8 pontos, máxima desde outubro de 2007, enquanto o Índice de Expectativas deve avançar 1,4 ponto, a 109,3 pontos.

A firme recuperação do setor industrial a partir de maio teve como pano de fundo a flexibilização de medidas restritivas contra a Covid-19 nos principais centros econômicos brasileiros, apesar da forte disseminação da doença no país. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: