Elon Musk se torna a segunda pessoa mais rica do mundo

Bilionário da Tesla já tinha ultrapassado a fortuna de Bill Gates há menos de duas semanas.

Sergei Klebnikov
Compartilhe esta publicação:
Pool/Getty Images
Pool/Getty Images

Fortuuna do bilionário da Tesla era de US$ 24,6 bilhões em março deste ano

Acessibilidade


O cofundador e CEO da Tesla, Elon Musk, ultrapassou o comandante da LVMH, Bernard Arnault, e acaba de se tornar a segunda pessoa mais rica do mundo, conforme as ações da montadora de veículos elétricos continuaram a disparar na expectativa de sua inclusão no Índice S&P 500 ainda este mês e uma próxima venda de US$ 5 bilhões em papéis da companhia.

As ações subiram quase 1,3% hoje (8), o que elevou o patrimônio líquido de Musk em US$ 1,6 bilhão, para US$ 144,7 bilhões. O movimento o torna mais rico do que Arnault, que a Forbes estima ter uma fortuna de US$ 144,3 bilhões.

VEJA TAMBÉM: Elon Musk fica US$ 13,7 bilhões mais rico após admissão da Tesla no S&P 500

Musk agora perde apenas para o CEO da Amazon, Jeff Bezos, a pessoa mais rica do planeta, com patrimônio avaliado em US$ 185,5 bilhões pela Forbes.

Foi uma ascensão meteórica para Musk, que registrou fortuna de singelos US$ 24,6 bilhões em março, data da publicação anual da lista de bilionários do mundo da Forbes. Graças à disparada do preço das ações da Tesla, que subiram quase 650% até agora em 2020, Musk acrescentou cerca de US$ 120 bilhões à sua fortuna em um único ano. Ele ultrapassou o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, para se tornar a quarta pessoa mais rica do mundo há menos de um mês. Em 24 de novembro, ultrapassou também o cofundador da Microsoft, Bill Gates. Zuckerberg e Gates possuem patrimônio estimado em US$ 104,1 bilhões e US$ 118,8 bilhões, respectivamente, com base nas variações do fechamento de mercado de hoje.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Musk possui cerca de 21% das ações da Tesla, além de uma participação na companhia privada de tecnologia aeroespacial SpaceX e duas casas na Califórnia, que ele está deixando para trás para viver no Texas. As ações da montadora elétrica estão em crescente valorização desde a notícia de que a empresa será adicionada ao índice S&P 500 em 21 de dezembro. Os papéis subiram mais de 57% desde que a S&P Global anunciou o movimento após o sino de fechamento do pregão em 16 de novembro. Os papéis subiram ainda mais nesta terça-feira, quando a Tesla revelou um aumento de capital de US$ 5 bilhões – o segundo nos últimos três meses.

As ações da Tesla agora estão perto de bater recordes. A capitalização de mercado de US$ 611 bilhões da empresa a torna, de longe, a montadora mais valiosa do mundo.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: