Facebook precisa seguir os regulamentos e não apenas trocar o nome da criptomoeda, diz Ministro alemão

Em reunião do g7, Olaf Scholz argumenta que o monopólio da criptomoeda deve continuar nas mãos do Estados.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Dado Ruvic/Reuters
Dado Ruvic/Reuters

Ministro alemão quer manter o monopólio das criptomoedas na mão do Estado

Acessibilidade


No início de dezembro, o Facebook mudou no nome da sua criptomoeda para “diem” e as criptomoedas foram o tema da conversa em uma videoconferência dos ministros das finanças do G7, grupo dos 7 países mais industrializados do mundo.

Durante a conversa, o ministro Olaf Scholz comentou que o Facebook precisará mais do que renomear a moeda para atender às preocupações dos reguladores sobre a autorização do lançamento na Alemanha e na Europa.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

O ministro também declarou que o relançamento do nome foi apenas uma mudança cosmética. “Um lobo em pele de cordeiro ainda é um lobo”, comenta. Ele acrescentou que “está claro para mim que a Alemanha e a Europa não podem e não aceitarão sua entrada no mercado enquanto os riscos regulatórios não forem adequadamente tratados.”

O ministro diz estar preocupado com a moeda, pois é necessário que os reguladores e o G7 façam o possível para garantir que o monopólio da moeda continue nas mãos dos Estados.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: