Fundos de investimento tiveram resgate líquido de R$ 20,4 bilhões em novembro, informa Anbima

GettyImages
GettyImages

Todos os fundos tiveram retorno positivo pela primeira vez em 2020

A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima) divulgou ontem (8) que os fundos de investimento tiveram o resgate líquido de R$ 20,4 bilhões no mês anterior, impactado pela renda fixa, que respondeu por 92,5% das retiradas, segundo o Boletim de Fundos de Investimento da Anbima.

Novembro se tornou o segundo mês consecutivo de saídas líquidas e o quinto no ano. Contudo, a quantidade foi 65% menor que em outubro, quando as saídas representaram R$ 58,7 bilhões. Pela primeira vez desde julho, todos os tipos de fundos de ações tiveram retorno mensal positivo, os destaques ficam com o tipo FMP-FGTS com rentabilidade de 30,5% e o Mono Ação com 27,2%.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Os fundos multimercados tiveram o principal destaque no mês em volume financeiro de captação líquida de R$ 1,5 bilhão e R$ 93,9 bilhões no acumulado de 2020, contudo essa foi a menor captação do ano. Já a indústria registrou captação líquida de R$ 126,8 bilhões no acumulado até novembro.

Os fundos de ações tiveram em novembro as primeiras saídas líquidas do ano, de R$ 1 bilhão. Do início do ano até o mês passado, a conta fechou no azul em R$ 66,9 bilhões. Os fundos em renda fixa tiveram o segundo mês consecutivo de retiradas, fechando novembro com saldo em R$ 18,9 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).