Guedes cancela férias em meio à polêmica sobre 13º do Bolsa Família

Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

Ministro da Economia, Paulo Guedes, interrompe período de férias programado até 08 de janeiro

O ministro da Economia, Paulo Guedes, interrompeu o período de férias que iria tirar a partir deste fim de semana até 8 de janeiro, de acordo com publicação hoje (19) em edição extra do Diário Oficial da União.

Procurado, o Ministério da Economia afirmou que não há motivo específico para a interrupção das férias e que o ministro decidiu seguir trabalhando, pois continuará em Brasília na semana que vem.

VEJA TAMBÉM: Guedes afirma que foi obrigado a não recomendar 13º para Bolsa Família

Na véspera (18), Guedes concedeu entrevista coletiva em que contrariou declaração do presidente Jair Bolsonaro a respeito do não pagamento do 13º salário a beneficiários do Bolsa Família este ano.

Após Bolsonaro ter acusado o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de ter deixado caducar a MP que autorizaria o pagamento, Guedes reconheceu que foi a equipe econômica do próprio governo que pediu que a medida não fosse votada porque não haveria recursos para o pagamento.

As férias de Guedes tinham sido publicadas originalmente no DO na semana passada. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).