Ibovespa sobe com a expectativa da LDO e a decisão do FED

O Ibovespa opera com volatilidade na abertura desta quarta-feira (16). Nos primeiros negócios do dia, o índice operava em em alta de 0,16% aos 116,329 pontos, após ter fechado ontem com variação positiva de 1,3% revertendo as perdas acumuladas em 2020 desde o início da pandemia. Hoje (16), os investidores acompanham no Congresso Nacional a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a expectativa é de que a aprovação abra espaço para a tramitação de outras pautas econômicas em Brasília

Outro ponto de atenção para o mercado doméstico está no anúncio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o plano de vacinação. Os especialistas acreditam que o plano pode afetar o desempenho da B3 durante o dia. Ao mesmo tempo, os investidores brasileiros estão atentos às decisões do Comitê Federal de Mercado Aberto do Federal Reserve (Fed – Banco Central dos EUA) sobre a política monetária do país. A expectativa é de manutenção dos juros no patamar atual, entre 0% a 0,25% ao ano. O mercado espera ainda obter sinais sobre a continuidade do programa de compra de ativos do Fed.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

As negociações para um novo pacote econômico nos EUA continuam nesta quarta-feira. Ontem, o senador e líder da maioria, Mitch McConnell, informou que deve permanecer com os parlamentares em Washington até que o acordo sobre o pacote de estímulos seja fechado. A aprovação do pacote é muito aguardada pelos investidores já que a recuperação da economia do país começa a perder fôlego em meio a novas restrições em diferentes estados para conter o avanço da segunda onda de covid-19. Os futuros do Dow Jones trabalhavam em alta de 0,23% nesta manhã.

Também à espera do Fed, o dólar é negociado em alta na manhã desta quarta-feira, avançando +0,22% e cotado a R$ 5,09 na venda às 10h19, horário de Brasília.

Na Europa, as Bolsas trabalham com ganhos após a divulgação do PMI, índice que calcula o desenvolvimento do mercado industrial e de serviços, que chegou a 49,8 em dezembro. O aumento reflete o forte crescimento nas exportações da região e o desempenho robusto da Alemanha. Já a Bolsa da China fechou em queda de 0,01%. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).