Ibovespa sobe com exterior e vai aos 113 mil pontos

O Ibovespa abre a sessão de hoje (4) com alta de 1,12% aos 113.551 pontos, acompanhando o otimismo no exterior com a expectativa de vacinas ainda no radar do mercado. Os investidores aguardam também a divulgação do Payroll nesta manhã, relatório sobre o mercado de trabalho norte-americano com dados sobre a criação de postos de trabalho e taxa de desemprego nos EUA. A expectativa é de que os dados de novembro mostrem uma piora em relação a outubro em função da segunda onda de covid-19.

O dólar atrai algumas compras no mercado brasileiro nesta sexta-feira, numa tentativa de correção depois de fortes baixas nos últimos dias. Às 10h20, horário de Brasília, a divisa subia 0,43%, negociada a R$ 5,16 na venda. Apesar dos ganhos de hoje, a moeda norte-americana ainda deve fechar a pior semana em um mês em função do apetite global por risco e confiança na retomada econômica.

O real tem a melhor performance entre seus pares emergentes desde 3 de novembro, data da eleição norte-americana, com expectativa de que o presidente recém-eleito, Joe Biden, amplie gastos para turbinar a retomada – o que pode fortalecer um já em curso movimento de compra de ativos emergentes.

“Vemos uma janela de oportunidade para aumento de otimismo em relação aos ativos brasileiros nos próximos meses”, disseram analistas do Barclays em nota, recomendando posições em opções de venda de dólar/real com “strikes” em R$ 5,15 e R$ 4,98 e vencimento em março.

No campo político, o Supremo Tribunal Federal (STF) começa hoje o julgamento, em plenário virtual, de uma ação que terá impacto direto na possibilidade dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), de permanecer nos cargos, com tendência de permitir uma eventual recondução, segundo fontes ouvidas pela Reuters.

Maia tem sido visto por alguns players do mercado como um ponto de apoio à agenda de reformas, em meio a rusgas dentro do próprio Executivo e críticas à gestão de Paulo Guedes na condução da pauta econômica.

O mercado de ações norte-americano abriu a última sessão desta semana em viés positivo, apesar dos EUA registrarem em novembro o pior desempenho em seis meses no mercado de trabalho, com 245 mil vagas criadas, um considerável recuo em relação ao desempenho de outubro, quando o país criou 638 mil postos.

Os dados jogam mais pressão sobre o Congresso para aprovação de um novo pacote de estímulo econômico para famílias e empresas nos EUA. O líder republicano no Senado, Mitch McConnell, e a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, discutem um possível acordo bipartidário de US$ 908 bilhões. A expectativa dos parlamentares é de incluir o pacote na lei de gastos destinada a evitar uma paralisação do governo no dia 11 de dezembro. Às 11h51, horário de Brasília, o Dow Jones avançava 0,35%, enquanto o S&P 500 ganhava 0,46% e o Nasdaq Composite operava em alta de 0,34%.

Na Ásia, os índices acionários chineses fecharam em alta nesta sexta-feira, com o Shanghai Composite avançando 0,07%, o terceiro ganho semanal consecutivo, impulsionados por dados robustos que indicam recuperação da segunda maior economia do mundo, embora o rali tenha sido limitado pela intensificação das tensões comerciais com os Estados Unidos. Os EUA adicionaram ontem a fabricante de chips chinesa, SMIC, e a petroleira CNOOC a uma lista de supostas empresas militares chinesas, medida que deve intensificar as tensões antes do presidente eleito, Joe Biden, assumir o cargo. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).