Relator adia apresentação de PEC Emergencial para 2021

Proposta tem o objetivo de regulamentar o teto de gastos e tratar do pacto federativo.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Priscila Zambotto / GettyImages
Priscila Zambotto / GettyImages

Proposta tem o objetivo de regulamentar o teto de gastos e tratar do pacto federativo

Acessibilidade


O relator da PEC Emergencial, senador Marcio Bittar (MDB-AC), anunciou em nota hoje (11) o adiamento da apresentação do relatório sobre a medida para o ano que vem, alegando a complexidade do tema e a atual conjuntura do país, sem entrar em detalhes.

“Em vista da complexidade das medidas, bem como da atual conjuntura do país, decidi não mais apresentar o relatório da PEC Emergencial em 2020”, afirmou Bittar na nota.

“Creio que a proposta será melhor debatida no ano que vem, tão logo o Congresso Nacional retome suas atividades e o momento político se mostre mais adequado. Responsabilidade e cautela são as palavras de ordem.”

A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) tem o objetivo de regulamentar o teto de gastos com gatilhos e tratar de temas do pacto federativo. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: