S&P eleva rating da Azul para CCC+, com perspectiva estável

Para este mês, a companhia estima que terá cerca de 80% dos voos retomados.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Rahel Patrasso
REUTERS/Rahel Patrasso

Para este mês, a companhia estima que terá cerca de 80% dos voos retomados

Acessibilidade


A agência de classificação de risco de crédito S&P elevou hoje (14) de CCC- para CCC+ a nota atribuída à companhia aérea Azul, com perspectiva estável.

Em nota, a S&P atribuiu a decisão à perspectiva de menor pressão de liquidez nos próximos 12 a 18 meses sobre as finanças da companhia, que recentemente fez uma emissão de R$ 1,7 bilhão em debêntures conversíveis em ações, além da renegociação de contratos, incluindo de arrendamento de aeronaves.

“A maior posição de caixa disponível e a recuperação da demanda por viagens domésticas posicionaram melhor a empresa para enfrentar as atuais incertezas quanto à recuperação do setor no curto prazo”, afirmou a S&P.

Afetada fortemente pelas medidas de isolamento social para conter a pandemia da Covid-19, a Azul chegou a ter cerca de 90% dos voos suspensos entre março e abril. Para este mês, a companhia estima que terá cerca de 80% dos voos retomados. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: