TIM, Telefônica e Claro pagam R$ 16,5 bi e vencem leilão por ativos móveis da Oi

Rafael Henrique SOPA Images / GettyImages
Rafael Henrique SOPA Images / GettyImages

Empresa de telefonia está vendendo uma série de ativos para levantar fundos e pagar seus credores

TIM, Telefônica Brasil e Claro, da América Móvil, venceram o leilão para comprar as operações de redes móveis da Oi por R$ 16,5 bilhões ontem (14), afirmaram as empresas. As três companhias, que apresentaram uma proposta inicial em julho, planejam dividir os ativos da Oi assim que obtiverem aprovação antitruste. A Oi, que pediu recuperação judicial em 2016, está vendendo uma série de ativos para levantar fundos e pagar seus credores.

O grupo foi o único a disputar o leilão, de acordo com os comunicados. As empresas disseram que o preço-base ficou em R$ 15,74 bilhões, sendo outros R$ 756 milhões para financiar os chamados “serviços de transição”, que a Oi realizará em 202 para facilitar a transferência de ativos.

A TIM Participações vai pagar cerca de R$ 7,3 bilhões do preço base e outros 476 milhões de reais pelos serviços de transição, informou a empresa.

A Telefonica Brasil vai pagar cerca de R$ 5,5 bilhões do preço base e R$ 179 milhões em serviços de transição, disse a empresa.

A Claro não divulgou imediatamente suas obrigações de pagamento.

TIM, Telefonica Brasil e Claro também ofereceram à Oi um contrato de longo prazo para alugar sua infraestrutura de telecomunicações.

A ação da Oi fechou em queda de 6,78%, enquanto a da TIM subiu 0,48% e a da Telefonica Brasil caiu 2,47%.(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).