BNDES aprova R$ 3,9 bi para segunda térmica da GNA no Porto do Açu

O empreendimento, com 1.673 megawatts em capacidade instalada, é o segundo das empresas no porto.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Sergio Moraes
REUTERS/Sergio Moraes

O empreendimento, com 1.673 megawatts em capacidade instalada, é o segundo das empresas no porto

Acessibilidade


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 3,9 bilhões para implementação de uma termelétrica no Porto do Açu (RJ), um projeto da GNA que tem como sócios Prumo Logística, Siemens e BP.

O empreendimento, com 1.673 megawatts em capacidade instalada, é o segundo das empresas no porto. Uma primeira usina, a UTE GNA I, com 1.338 megawatts, também contou com apoio financeiro do BNDES, disse o banco estatal em comunicado hoje (14). (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: