Campos Neto destaca recuperação desigual entre setores e países no mundo

O presidente do BC ainda chamou a atenção para a pressão disseminada da inflação de alimentos em mercados emergentes.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Adriano Machado
REUTERS/Adriano Machado

O presidente do BC ainda chamou a atenção para a pressão disseminada da inflação de alimentos em mercados emergentes

Acessibilidade


O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, destacou hoje (12) que a recuperação da atividade econômica segue ocorrendo de forma desigual entre países e setores no mundo.

Em apresentação durante evento fechado à imprensa do banco Santander, Campos Neto notou que, nos Estados Unidos, apesar do forte crescimento verificado no terceiro trimestre de 2020, o emprego permanece em níveis abaixo dos vigentes antes da crise, com alta das demissões.

Já na China, o consumo, a produção e o investimento privado ainda estão e níveis abaixo dos do pré-crise, destacou o presidente do BC.

Sobre inflação, Campos Neto chamou atenção para a pressão disseminada da inflação de alimentos em mercados emergentes, ainda que tenha ressaltado que, na maioria desses países, a inflação de alimentos e de serviços está mais baixa no período recente.

O comércio global está se recuperando a passo acelerado após ter sofrido retração similar à observada na crise financeira global de 2008, pontuou Campos Neto na apresentação. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: