Forbes Radar: Petrobras irá pagar US$ 70 milhões após condenação e Klabin anuncia incorporação

No segundo dia útil de 2021, o radar das empresas do Forbes Money traz como destaque as subsidiárias da Petrobras que deverão pagar US$ 70 milhões ao tribunal nos Estados Unidos e as ações da Via Varejo que não tem valorização, mesmo com o aumento nas vendas durante as festas de fim de ano.

Petrobras (PETR4)

A companhia informou que um tribunal de Nova York emitiu uma sentença contra a empresa em arbitragem iniciada pela Iesa Óleo e Gás, controlada pela Invepar. Com a sentença, a subsidiária da Petrobras na Holanda deverá pagar cerca de US$ 37 milhões e mais juros, enquanto a subsidiária Tupi B.V deverá pagar US$ 33 milhões, além de juros.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) recebeu um comunicado informando que a sentença ocorre sob confidencialidade.

Klabin (KLBN11)

Os acionistas da Klabin aprovaram em assembleia extraordinária a incorporação da Riohold Papel e Celulose. O objetivo da integração é juntar as unidades de Paulínia, Suzano, Franco da Rocha, Rio Verde e Manaus, além de racionalizar a estrutura societária.

Siemens e Prumo Logística (PRML3)

Hoje (05), a GNA (Gás Natural Açu), joint venture formada por BP, Siemens e Prumo Logística recebeu a carga de 140 mil m³ de GNL em seu terminal no Rio de Janeiro. O recebimento será utilizado para comissionar o terminal e a usina termelétrica.

Durante o primeiro semestre, o ativo, parte de um parque elétrico que contará com duas térmicas e do projeto que envolve o terminal de regaseificação entrará em operação, pois recebeu no final do ano passado, a licença do governo para o funcionamento.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Triunfo (TPIS3) e BlackRock (BLAK34)

A Triunfo participações informou que o contrato de compra e venda que ocorreu no final de agosto de 2019 com a afiliada do fundo BlackRock Global Energy & Power Infrastructure Fund, sobre a venda de 100% da participação em Juno Participações e Investimentos, foi rescindido após o prazo de validade previsto no contrato. A negociação foi anunciada em R$ 169,5 milhões.

Sanepar (SAPR11)

O Credit Suisse reduziu a recomendação da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) em underperform (desempenho abaixo do mercado) e reduziu o preço-alvo de doze meses de R$ 29,30, para R$ 27,10, ante os R$25,11 de fechamento no final de 2020, em que houve a valorização de 7,93%.

Ao mesmo tempo, ontem (04), a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) abriu uma consulta pública para receber opiniões com o objetivo de debater o resultado da revisão das tarifas da Sanepar.

A Agepar publicou algumas notas técnicas que incluem uma base de ativos regulatórios (RAB) de R$ 13, 2 bilhões para o fim do ano passado, abaixo do esperado, e a proposta do custo médio ponderado do capital (WACC, em inglês) de 7,21% após impostos para 2021. O banco está incluindo a inflação e a taxa selic para 2021.

Via Varejo (VVAR3)

A companhia divulgou ontem (04) os dados preliminares das vendas na semana de natal. Entre o período de 19 a 25 de novembro, houve uma alta de 20,2% nas vendas comparado com o mesmo período de 2019.

Contudo, apesar de serem números positivos, demonstrando um crescimento nas vendas do mercado, o resultado trimestral ainda não foi divulgado e as concorrentes também não apresentaram os números. Dessa forma, as ações da empresa não tiveram uma reação forte aos resultados de venda de fim de ano.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).