Fortuna de Elon Musk diminui quase US$ 14 bilhões em um dia e bilionário volta a ser o segundo mais rico

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Elon Musk perdeu US$ 13,5 bilhões em um único dia, após ações da Tesla despencarem 8%

Depois de um breve momento como a pessoa mais rica do mundo, o bilionário e fundador da Tesla, Elon Musk, voltou a ser a segunda pessoa mais rica do planeta. Sua fortuna diminuiu quase US$ 14 bilhões em um dia.

Ontem (11), as ações da montadora de veículos elétricos caíram quase 8%, o que representa uma queda de US$ 13,5 bilhões no patrimônio de Musk, que agora tem uma fortuna estimada em US$ 176,2 bilhões. Depois de ultrapassar brevemente o CEO da Amazon, Jeff Bezos, como a pessoa mais rica do mundo na última sexta-feira (8), Musk caiu novamente para o segundo lugar, de acordo com estimativas da Forbes.

VEJA TAMBÉM: Valor de mercado da Tesla supera US$ 800 bi pela 1ª vez

Ele está US$ 6 bilhões atrás de Bezos, que tem um patrimônio líquido de US$ 182,1 bilhões. Nesta segunda-feira, as ações da Amazon caíram mais de 2%, reduzindo a fortuna de Bezos em US$ 3,6 bilhões.

Ao longo de 2020, Musk recebeu várias parcelas de opções avaliadas em bilhões de dólares, conforme a Tesla atingia vários marcos de capitalização de mercado e no Ebitda. O conselho de diretores da empresa certifica a concessão de cada parcela e, em seguida, emite uma declaração em um documento regulamentar junto à Securities and Exchange Commission. Musk parece ser elegível para outra parcela com 8,44 milhões de opções, avaliadas em US$ 6,25 bilhões no preço de fechamento de ontem (11). A Forbes ainda não atribuiu essas opções a Musk porque o conselho não as certificou publicamente.

Impulsionada pelo aumento do preço das ações da Tesla, a fortuna de Musk aumentou cerca de US$ 150 bilhões desde março de 2020, quando era avaliada em US$ 24,6 bilhões. As ações da empresa subiram mais de 720% no ano passado e já ganharam mais 12% na primeira semana de 2021. A Tesla foi incorporada ao Índice S&P 500 no final de dezembro de 2020, um movimento que também elevou o valor das ações. Como a montadora mais valiosa do mundo, a Tesla produziu meio milhão de carros em 2020, o que equivale a uma fração da produção de gigantes globais como GM e Toyota.

Apesar da queda registrada ontem (11), Musk ainda é cerca de US$ 20 bilhões mais rico do que a terceira pessoa mais rica do mundo, o magnata do setor de luxo Bernard Arnault, com uma fortuna avaliada em US$ 154,6 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).