Hapvida faz oferta de compra da Intermédica por R$ 49 bi

Se consolidado, negócio representará a maior rede de hospitais do Brasil.

Redação
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

As empresas somadas têm 8,4 milhões de clientes de seguro saúde, abrangendo Norte e Nordeste do país, onde se concentra a Hapvida, e o Sul e Sudeste, onde a Intermédica atua

Acessibilidade


A seguradora e operadora hospitalar Hapvida anunciou ontem (8) oferta para comprar a rival Notre Dame Intermédica, num negocio envolvendo apenas ações e avaliado em R$ 49 bilhões.

Se bem sucedido, o negócio criará uma gigante da área de saúde, formando a maior rede de hospitais do Brasil. As empresas somadas têm 8,4 milhões de clientes de seguro saúde, abrangendo Norte e Nordeste do país, onde se concentra a Hapvida, e o Sul e Sudeste, onde a Intermédica atua, segundo documento revisado pela Reuters.

VEJA TAMBÉM: Fusão entre Hapvida e Intermédica pode criar negócio de R$ 100 bi

A entidade conjunta provavelmente será capaz de cortar custos, visto que hoje as companhias atendem os mesmos clientes corporativos, mas em diferentes partes do pais. Ao mesmo tempo, a falta de sobreposição geográfica deve reduzir as preocupações concorrenciais.

As empresas combinadas terão 70 hospitais após o negócio, mais do que a Rede D’Or, maior rede de hospitais do país atualmente, com 51 unidades.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A proposta prevê que os acionistas da Hapvida vão ficar com 53,1% da empresa combinada. O negócio avalia as ações da Intermédica em R$ 79,86, um prêmio aproximado de 11% sobre o preço de fechamento de quinta-feira, em um negócio de quase R$ 49 bilhões.

As ações da Intermédica subiram quase 27% na sexta-feira, avaliando a empresa em mais de R$ 55 bilhões, enquanto os papéis da Hapvida subiram 18%.

A Intermédica disse ter recebido a proposta e vai analisar os termos, “apesar de acreditar no potencial mercadológico da companhia, para continuar sendo autônoma e líder no segmento brasileiro da saúde”.

E AINDA: Hapvida e Notre Dame Intermédica discutem fusão; ações disparam

A Hapvida é controlada pela família do seu presidente executivo, Jorge Pinheiro. A Intermédica tem a empresa de private equity Bain Capital como acionista minoritária, com uma participação de aproximadamente 11%.

BTG Pactual e Itaú Unibanco estão assessorando a Hapvida na operação, enquanto a Intermédica ainda não contratou assessores. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: