Leilão de privatização da CEEE-D é adiado para 31 de março, diz governo gaúcho

Também houve alteração na data prevista para a entrega das propostas dos interessados na desestatização, para 26 de março

Redação
Compartilhe esta publicação:
Brazil Photos/GettyImages
Brazil Photos/GettyImages

Também houve alteração na data prevista para a entrega das propostas dos interessados na desestatização, para 26 de março

Acessibilidade


A sessão pública do leilão de privatização da empresa de distribuição de energia elétrica CEEE-D, controlada pelo governo do Rio Grande do Sul, foi adiada para 31 de março, de acordo com publicação no Diário Oficial estadual de hoje (18).

A licitação da empresa, que é responsável pelo fornecimento de eletricidade em parte do Rio Grande do Sul, com atuação em 72 municípios, estava antes prevista para 3 de fevereiro.

Também houve alteração na data prevista para a entrega das propostas dos interessados na desestatização, agora agendada para 26 de março, segundo aviso da secretaria estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura no Diário Oficial.

A data limite para envio das propostas era antes 29 de janeiro.

O governo estadual não divulgou no Diário Oficial os motivos para alteração das datas previstas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Reuters publicou na sexta, com informação de fontes, que as elétricas Equatorial Energia e CPFL Energia, além de um fundo norte-americano, estariam entre as empresas que acessaram uma sala virtual com informações sobre o processo de desestatização. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: