Minério de ferro recua na China com enfraquecimento nas margens do aço

FG Trade/GettyImages
FG Trade/GettyImages

O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian encerrou o pregão diurno em queda de 1,4%, a 1.046 iuanes (US$ 161,26) por tonelada.

Os futuros de referência do minério de ferro recuaram hoje (19) depois de terem tocado máxima de quatro semanas na sessão anterior, à medida que as margens do aço na China, maior produtora, sofrem um enfraquecimento que pesa sobre a matéria-prima.

O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian encerrou o pregão diurno em queda de 1,4%, a 1.046 iuanes (US$ 161,26) por tonelada, enquanto o primeiro contrato na bolsa de Cingapura caía 2,2% no meio da sessão, a US$ 166,50 por tonelada. No aço, o vergalhão na bolsa de Xangai caiu 1,9%.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

“As margens do aço têm caído rapidamente nos últimos dias. Isso deve motivar algumas siderúrgicas de maior custo a realizar manutenções e consequentemente reduzir o consumo de minério de ferro”, disse Richard Lu, analista da consultoria CRU em Pequim.

No entanto, a demanda por recomposição de estoques antes dos feriados de Ano Novo Lunar provavelmente deve fornecer algum apoio para os preços, assim como congestionamentos em portos na China que desaceleraram atividades de descarregamento, disse ele.

Esses fatores de possível alta no curto prazo ajudaram a impulsionar os preços spot do minério de ferro na China, que ontem (18) tocaram US$ 174,50 por tonelada, perto de máxima de nove anos atingida no mês passado, segundo a consultoria SteelHome. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).