Primeiro-ministro da Itália renunciará na terça-feira

Giuseppe Conte perdeu maioria no Senado semana passada.

Redação
Compartilhe esta publicação:
AB Pool-Corbis/Getty Images
AB Pool-Corbis/Getty Images

Conte perdeu a maioria no Senado semana passada, quando o partido de centro Itália Viva deixou a coalizão

Acessibilidade


O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, entregará sua renúncia ao chefe de Estado amanhã (26), após uma reunião com seu ministério pela manhã para informar os ministros, disse o seu gabinete.

O primeiro-ministro, no poder desde junho de 2018, espera que o presidente Sergio Mattarella lhe entregue um mandato para formar um novo governo, com mais apoio no parlamento, disseram fontes do governo.

Conte perdeu a sua maioria no Senado semana passada, quando o partido de centro Itália Viva, liderado pelo ex-primeiro-ministro Matteo Renzi, deixou a coalizão por uma disputa pela maneira como o governo lidou com a crise do coronavírus e a recessão econômica.

As tentativas de Conte para atrair senadores de centro e independentes aos quadros do governo não tiveram muito sucesso.

Anteriormente, parlamentares da própria coalizão do primeiro-ministro alertaram que ele seria derrotado no parlamento esta semana na votação de um relatório sobre o sistema judiciário, o que poderia ser evitado apenas com a sua renúncia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Conte resistiu a renunciar até agora por medo de não ser novamente indicado. Em vez disso, tentou atrair senadores que se afastavam com promessas vagas de um novo pacto governamental e possíveis cargos nos ministérios.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: