Reservas cambiais da China em dezembro sobem à medida que recuperação econômica ganha ritmo

As reservas cambiais do país, saltaram US$ 38,03 bilhões em dezembro, para US$ 3,217 trilhões.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Dado Ruvic/Illustration
REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

As reservas cambiais do país, saltaram US$ 38,03 bilhões em dezembro, para US$ 3,217 trilhões

Acessibilidade


As reservas de moeda estrangeira da China aumentaram mais do que o esperado em dezembro, atingindo seu nível mais alto em mais de quatro anos e meio, mostraram dados oficiais hoje (7), com a recuperação econômica do país impulsionando o iuan em relação a um dólar enfraquecido.

As reservas cambiais do país, as maiores do mundo, saltaram US$ 38,03 bilhões em dezembro, para US$ 3,217 trilhões – máxima desde abril de 2016, mostraram dados do Banco do Povo da China.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Analistas consultados pela Reuters esperavam que as reservas em moeda estrangeira subissem para US$ 3,191 trilhões, de US$ 3,178 trilhões em novembro.

O aumento nas reservas da China foi resultado da queda do dólar em relação a outras moedas importantes e dos ganhos nos preços globais dos ativos, disse o órgão regulador cambial em um comunicado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O índice do dólar caiu 2,1% em dezembro, com os investidores mudando para ativos mais arriscados em meio à melhoria nas perspectivas de uma recuperação econômica global. O iuan subiu 0,8% em relação ao dólar naquele mês.

As entradas estrangeiras em ações e títulos chineses também têm sido fortes, à medida que a China galopa à frente de outras economias importantes em sua recuperação. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: