Visa e Plaid cancelam acordo de US$5,3 bilhões

Michalis Karagiannis/Reuters
Michalis Karagiannis/Reuters

Fusão é cancelada após governo norte-americano abrir um processo contra o acordo

A empresa multinacional de serviços financeiros, Visa, e a empresa de tecnologia financeira, Plaid, cancelaram um acordo de fusão que era avaliado em US$ 5,3 bilhões, após o governo dos Estados Unidos abrir processo para interromper a operação temendo prejuízo à concorrência.

O Departamento de Justiça dos EUA abriu uma investigação em novembro, afirmando que a Visa era uma empresa “monopolista em transações de débito online” e que a aquisição proposta “iria eliminar uma nascente ameaça competitiva” ao monopólio.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

“Estamos confiantes que teríamos ganhado no tribunal já que as capacidades da Plaid são complementares às da Visa”, disse o presidente-executivo da Visa, Al Kelly. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).