Anatel adia para dia 24 decisão final sobre edital para 5G

REUTERS/Sergio Perez
REUTERS/Sergio Perez

O governo pretende fazer o leilão de quatro blocos de espectro do 5G até o fim do primeiro semestre de 2021

Um pedido de vista do presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Leonardo Euler de Morais, levou ao adiamento da aprovação do edital para o leilão das bandas da tecnologia 5G, que só deve ser retomado em 24 de fevereiro.

Mas a reunião extraordinária hoje (1) foi encerrada com três votos a favor do relatório do conselheiro Carlos Baigorri – além do relator, os conselheiros Vicente Aquino e Moisés Moreira anteciparam seus votos pela aprovação integral do relatório, mas ainda podem mudar até a sessão final.

Baigorri, que havia entregue o documento inicial da quinta, fez modificações no final de semana para incluir pontos da portaria com diretrizes determinadas pelo governo para o leilão e que terão que ser cumpridas pelas operadoras.

Entre elas, está a criação de uma rede fixa privativa do governo federal, além da expansão das redes de fibra ótica em toda a região Norte e outros projetos de expansão da rede.

O governo pretende fazer o leilão de quatro blocos de espectro do 5G até o fim do primeiro semestre de 2021. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).