Após GameStop, Robinhood capta mais de US$ 3 mi e registra recorde em downloads

Downloads do app na última sexta-feira atingiram 1 milhão em um único dia

Alex Konrad, Eliza Haverstock and Antoine Gara
Compartilhe esta publicação:
SOPA/GettyImages
SOPA/GettyImages

Downloads do app na última sexta-feira atingiram 1 milhão em um único dia

Acessibilidade


Na esteira da demanda recorde criada por investidores do varejo e da controversa limitação na negociação de ativos como a GameStop, AMC Entertainment e BlackBerry, a plataforma de investimentos Robinhood está levantando bilhões de dólares para se proteger contra uma crise de caixa.

O unicórnio fechou um financiamento adicional de US$ 1 bilhão no fim de semana, além de uma injeção de US$ 1 bilhão já captada na semana passada. A Robinhood também está em negociação para levantar uma terceira parcela de financiamento de até US$ 1 bilhão. Os recursos estão sendo captados na forma de títulos de dívida conversíveis em ações, com avaliação da corretora online em até US$ 30 bilhões, um desconto de 30% em uma eventual oferta pública inicial.

A Robinhood enviou um comunicado à imprensa confirmando que arrecadou um total de US$ 3,4 bilhões na semana passada. “Com esse financiamento, vamos construir e aprimorar nossos produtos que darão a mais pessoas acesso ao sistema financeiro”, disse a corretora. “Estamos confiantes que a Robinhood emergirá mais forte nesta fase de crescimento e demanda sem precedentes”, acrescentou Micky Malka, sócio-gerente da Ribbit Capital, uma empresa de capital de risco que participou da arrecadação de fundos.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A grande injeção de capital, principalmente entre já investidores da plataforma, ocorre no momento em que o app da Robinhood bateu recorde em downloads nos últimos dias.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Na última quinta-feira (28), quando a Robinhood limitou a compra de alguns ativos em sua plataforma gerando protestos políticos de ambos os lados e entre celebridades, o aplicativo da corretora foi baixado 700 mil vezes, contra 11 mil usuários que cancelaram suas contas no mesmo dia, de acordo com fontes consultadas pela Forbes. Na sexta-feira, o aplicativo atingiu cerca de 1 milhão de downloads em um único dia. Para efeitos comparativos, durante todo o mês de dezembro a plataforma tinha registrado 800 mil novos usuários.

Da pandemia ao mini colapso dos últimos dias, a Robinhood raramente deixa uma boa crise ir para o lixo.

Na semana passada, milhares de traders encorajados pela discussão em uma comunidade do Reddit, conhecida como WallStreetBets, usaram o fórum de discussão para empurrar o preço de ações pesadamente vendidas, como a varejista de videogame GameStop. A multidão de negociadores também inflou os preços de outras ações, como AMC Entertainment e Blackberry. Enquanto alguns lucraram com o movimento, investidores de fundos de hedge sofisticados com posições vendidas nessas ações foram esmagados.

A limitação nas negociações desses ativos repercutiu no Congresso, mas a Robinhood alegou que agiu por questões de caixa. A ferramenta libera recursos para seus usuários realizarem negociações de forma instantânea enquanto as transferências de suas contas bancárias são processadas. Mas, para isso, a Robinhood é obrigada a oferecer garantias nas câmaras de compensação. A atividade originada pelos clientes na última semana foi tão grande que a corretora precisou congelar os negócios para cuidar do seu caixa.

A corretora buscou recursos em linhas de créditos e novas injeções de venture capital. Os novos financiamentos podem fortalecer ainda mais as finanças da Robinhood com seus novos clientes.

No ápice da atividade do mercado em 2020, muitos novos clientes da Robinhood também migraram para a negociação de opções, alternativa lucrativa para a Robinhood, mas altamente arriscada para os investidores. Por enquanto, os investidores no Vale do Silício veem uma vantagem de longo prazo nas operações da Robinhood e continuam a jogar bilhões de dólares na corretora, acompanhando o seu crescimento no mercado norte-americano.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: