Candido Bracher deixa oficialmente a presidência do Itaú

Reprodução Facebook
Reprodução Facebook

Candido Bracher completou 62 anos em dezembro, idade limite estipulada para a posição de presidente

Candido Bracher anunciou ontem (2) que deixou oficialmente a presidência do Itaú Unibanco após quatro anos à frente da operação da instituição. O movimento, sem grandes surpresas, é resultado do cumprimento das normas do estatuto do banco –o executivo completou 62 anos em dezembro, idade limite estipulada para a posição de presidente.

Por meio de uma publicação em seu perfil no LinkedIn, Bracher disse se sentir “grato, pelo apoio e estímulo que recebi de todos desde que assumi essa grande missão”. O executivo pontuou ainda sobre o caráter de sua gestão que teve como norte dar continuidade à transformação digital da instituição.

VEJA TAMBÉM: Vale e Itaú pesam, mas Ibovespa fecha no azul com exterior e reformas

Sobre o período de crise causado pela pandemia de Covid-19, Bracher comenta que o Itaú foi capaz de entregar “à sociedade aquilo que ela espera de uma organização com a relevância do Itaú, com iniciativas como o programa Travessia, o Plano Amazônia e o Todos pela Saúde”

Após três meses de transição, Milton Maluhy Filho recebeu o bastão das mãos de Bracher para liderar o maior banco privado do país. Ainda por meio do anúncio publicado, o agora ex-presidente do Itaú disse estar “especialmente satisfeito por deixar uma equipe tão motivada e competente, que passa agora a ser liderada por alguém com as muitas qualidades do Milton Maluhy Filho”.

Bracher, que não assumirá compromissos profissionais pelos próximos meses, vai continuar a fazer parte do banco como membro do Conselho de Administração.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).