Eletrobras diz que fundos da 3G Radar reduziram participação acionária na empresa

Os fundos detinham, em novembro, 10,84% dos papéis preferenciais e agora possuem 9,99% das ações dessa classe.

Redação
Compartilhe esta publicação:
YuichiroChino/GettyImages
YuichiroChino/GettyImages

Os fundos detinham, em novembro, 10,84% dos papéis preferenciais e agora possuem 9,99% das ações dessa classe

Acessibilidade


A estatal Eletrobras informou na última sexta-feira (12) que fundos de investimentos da gestora de recursos 3G Radar diminuíram a participação acionária na companhia.

Os fundos da empresa, que é parceira da 3G Capital e tem, entre os sócios, os bilionários Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, passaram a deter 27,98 milhões de ações preferenciais classe B da companhia, ou cerca de 9,99% dos papéis preferenciais.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A fatia da gestora na Eletrobras somava em novembro 30,35 milhões de ações preferenciais classe B, ou 10,84% dos papéis dessa espécie, segundo informações do site da Eletrobras. (com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: