Gestora Piemonte lança plataforma de negociação por blockchain

Getty Images
Getty Images

A ferramenta permitirá aos investidores negociar cerca de R$ 150 milhões em debêntures e cotas de fundos via blockchain

A gestora carioca de recursos Piemonte anunciou hoje (25) o lançamento de uma plataforma de negociação de ativos financeiros baseada em blockchain.

Segundo a gestora, a ferramenta permitirá aos investidores negociar cerca de R$ 150 milhões em debêntures proprietárias e cotas de fundos de investimento via blockchain pública da tecnologia ethereum.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

“Num momento em que o interesse em ativos cripto tem aumentado, o Brasil não pode ficar para trás”, afirmou em nota o presidente do Piemonte, Alessandro Lombardi.

A plataforma está disponível para download na Apple Store e pode ser acessada via smartphone, mas por ora o acesso à negociação será restrito aos investidores da Piemonte, e poderá ser aberto a investidores em geral após regulamentação e aprovação pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A mudança para títulos de investimento digitais é inevitável, e vem trazendo as vantagens de maior inclusão financeira, um acesso mais amplo, uma nova base de investidores e processos de compliance e transparência aprimorados”, acrescentou Lombardi.

A instituição fez em dezembro de 2019 a primeira transação com debênture emitida por ela, mas em ambiente fechado.

Emissores de dívida e investidores têm estado de olho no blockchain, uma plataforma de registros compartilhados, como meio de eliminar intermediários, cortar custos e burocracia para emissão e negociação de títulos no mercado de capitais. A tecnologia ganhou visibilidade por ser a infraestrutura por trás do bitcoin, a mais famosa dentre as criptmoedas. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).