Mineradoras impulsionam índice de ações europeu a máximas de quase 1 ano

O otimismo em torno de uma recuperação se apoia em mais estímulos econômicos dos EUA e no avanço da vacinação no mundo .

Redação
Compartilhe esta publicação:
RalphOrlowskGettyImages
RalphOrlowskGettyImages

O otimismo em torno de uma recuperação se apoia em mais estímulos econômicos dos EUA e no avanço da vacinação no mundo

Acessibilidade


As ações europeias registraram máximas em quase um ano ontem (16), com os papéis das empresas de mineração subindo na esteira dos preços do cobre, já que as apostas de mais estímulos dos EUA alimentaram o otimismo em torno de uma recuperação econômica global mais rápida este ano.

O STOXX 600 pan-europeu subiu 1,3%, ao mais alto patamar desde o final de fevereiro de 2020, e a Rio Tinto, BHP Group e Anglo American reforçaram o índice, conforme os preços do cobre saltaram para seus mais altos níveis em mais de oito anos.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Bancos e ações de energia também subiram à medida que uma negociação de recuperação gerou demanda por setores que tinham desempenho inferior ao índice mais amplo desde o impacto causado pelo coronavírus no início de 2020. As ações de energia também foram impulsionadas por um salto nos preços do petróleo para máximas em 13 meses.

O presidente dos EUA, Joe Biden, pediu na última sexta-feira (12) ajuda a um grupo bipartidário de autoridades em seu plano de alívio do coronavírus de US$ 1,9 trilhão. “Os mercados continuam a ter como alvo o estímulo de Biden e os programas de vacinas como a panaceia mágica para as doenças pandêmicas do mundo”, disse Jeffrey Halley, analista de mercado sênior da OANDA. (com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: