Acionistas da Vale aprovam mínimo de 7 conselheiros independentes

Brendan McDermid/Reuters
Brendan McDermid/Reuters

A Vale destacou que o processo de reestruturação societária da companhia teve início em fevereiro de 2017

Os acionistas da mineradora Vale aprovaram hoje (12) em assembleia 13 alterações no estatuto da companhia, incluindo a previsão de um mínimo obrigatório de sete membros independentes no conselho, dentre outras medidas que visam melhoria nas práticas de governança.

A partir das mudanças, realizadas em Assembleia Geral Extraordinária, também foi definida a votação individual na escolha dos conselheiros, a determinação de que o presidente e o vice-presidente do colegiado sejam eleitos pelo conjunto dos acionistas e não mais pelo próprio conselho, entre outras.

“Este é um passo fundamental para adequar a governança da Vale à sua nova realidade de empresa sem controle definido, com um Conselho de Administração formado com maioria de conselheiros independentes, e prepará-la para os desafios dos próximos anos”, disse em comunicado José Maurício Coelho, presidente do conselho da Vale.

Também no comunicado, a Vale destacou que o processo de reestruturação societária da companhia teve início em fevereiro de 2017, quando o bloco de controle da empresa à época anunciou a intenção de torná-la uma companhia sem controle definido.

Em outubro daquele ano foram eleitas duas conselheiras independentes e em 2019 foi eleita a terceira independente. Em novembro de 2020 expirou o acordo de acionistas celebrado pelos integrantes do antigo bloco de controle, o que tornou a Vale oficialmente uma empresa de capital disperso.

As regras aprovadas nesta sexta já serão aplicadas na próxima Assembleia Geral Ordinária, prevista para 30 de abril, quando serão eleitos pelos acionistas 12 membros do conselho para o mandato de 2021 a 2023.

Um Comitê de Nomeação, formado por três membros (dos quais dois sem vínculo com a Vale), divulgou na última quarta os 12 indicados ao conselho, incluindo oito membros independentes, cinco a mais do que na atual configuração.

O 13º membro será indicado pelos empregados da Vale. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).