Avast tem alta na demanda impulsionada por isolamento social

REUTERS/David W Cerny
REUTERS/David W Cerny

A empresa espera obter crescimento orgânico de receita de entre 6% e 8% em 2021

A companhia de cibersegurança Avast afirmou que a demanda por seus produtos disparou no ano passado, impulsionada pelos impactos de medidas de isolamento social.

A companhia divulgou receita de US$ 892,9 milhões para 2020, alta de 7,1%. O lucro operacional subiu 2,6%, para 495,5 milhões.

O presidente-executivo da Avast, Ondrej Vlcek, afirmou que a demanda por software de segurança e privacidade disparou no segundo trimestre do ano passado.

“Não esperávamos que o salto na demanda que aconteceu no segundo trimestre fosse durar muito tempo”, disse o executivo. “Durou apenas um trimestre e então voltou ao normal, mas nos ajudou a adquirir novos clientes.”

Ele afirmou que a Avast adicionou quase 1 milhão de novos clientes pagantes no ano passado, um aumento de 7,9%, para 13,6 milhões.

A empresa espera obter crescimento orgânico de receita de entre 6% e 8% em 2021. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).