Cia Hering tem queda de 12% no lucro do 4º tri

A Cia Hering divulgou hoje (3) baixa de 12% no lucro líquido do quarto trimestre ante mesmo período de 2019, para R$ 55,6 milhões, com receita líquida quase estável.

A empresa anunciou também investimento de R$ 131 milhões em 2021, seu “maior investimento da história“. Os recursos irão para tecnologia, reestruturação de sistemas, plataformas digitais e modernização de parque industrial e logístico.

LEIA MAIS: Em meio à crise da Covid-19, social selling desponta como tendência em empresas

O resultado foi divulgado alguns dias após a rival Lojas Renner reportar queda de 31% no lucro do quarto trimestre e informar que espera rentabilidade menor neste ano por causa de expectativa de maiores investimentos.

O setor de varejo atravessa profunda transformação, com medidas de isolamento social incentivando o desempenho de operações de comércio eletrônico mais bem estruturadas no país.

Segundo a Cia Hering, a empresa tem como objetivo “revisar sua matriz de fornecedores e modernizar processo produtivo para consolidar uma cadeia ágil e integrada com uso ampliado de dados e tecnologia”, de forma a reduzir o tempo de chegada nas lojas dos lançamentos e melhorar o abastecimento de lojas.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da Cia Hering de outubro a dezembro somou R$ 68,5 milhões, queda de 17% ano a ano, com a margem recuando 3,3 pontos, para 16,1%.

A empresa registrou alta de 1% vendas mesmas lojas ante uma queda de 4% nos últimos três meses de 2019.

Segundo a empresa, enquanto a venda das lojas físicas caiu 11,6% no trimestre, a R$ 115,6 milhões, as vendas do canal online subiram 230,6%, para R$ 70,7 milhões. Já as vendas para franqueados caíram 2,9%, para R$ 177,4 milhões. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).