Forbes Radar: Magazine Luiza, Petz, Marfrig e outros destaques corporativos

Últimas notícias sobre: Gol, Petrobras, Gafisa e Smiles

Artur Nicoceli
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Forbes Radar destaca nesta terça (9) os últimos balanços financeiros das companhias abertas. O Magazine Luiza registrou lucro líquido no quarto trimestre de 2020 de R$ 232,1 milhões, alta de quase 40% ano a ano. Já a Petz viu seu resultado saltar 65% no mesmo período, para R$ 27,4 milhões, enquanto a Marfrig reportou recorde no lucro líquido em 2020, total de R$ 3,3 bilhões.

Veja estas e outras notícias de negócios do dia:

Marfrig (MRFG3)

A Marfrig Global Foods reportou lucro líquido recorde de R$ 3,3 bilhões para 2020, uma disparada ante os R$ 218 milhões registrados no ano anterior, com forte participação da operação da empresa na América do Norte.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado de 2020 saltou 99,4%, para R$ 9,6 bilhões, com margem de 14,2%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No acumulado de 2020, o lucro bruto da Operação América do Norte atingiu US$ 1,7 bilhão, expansão de 40,8%. O Ebitda da unidade registrou um crescimento de 46,5%, totalizando US$ 1,4 bilhão.

Somente no quarto trimestre de 2020, o lucro líquido da Marfrig foi de R$ 1,171 bilhão, 43 vezes superior ao desempenho do mesmo período de 2019. O Ebitda ajustado cresceu 30,3% no comparativo anual, para R$ 2,1 bilhões e o fluxo de caixa operacional livre saltou 165% em bases anualizadas, ao atingir R$ 1,5 bilhão.

Neste cenário, o conselho de administração da Marfrig propôs à Assembleia Geral Ordinária, marcada para 8 de abril, a distribuição de R$ 141 milhões em dividendos, R$ 0,20 por ação (valor equivalente a 50% do lucro líquido distribuível aos acionistas).

Magazine Luiza (MGLU3)

O Magazine Luiza anunciou que seu lucro líquido ajustado no quarto trimestre de 2020 somou R$ 232,1 milhões, alta de 39,8% sobre um ano antes, apoiado na diluição das despesas operacionais e financeiras.

O Magalu viu suas vendas totais crescerem 66% no período, para R$ 14,9 bilhões, impulsionadas pelo salto de 121% do e-commerce, que representou 63,8% do total. As vendas no conceito mesmas lojas avançaram 11%, apoiadas pelo relaxamento de restrições à circulação de pessoas no período.

As despesas operacionais cresceram 47,4%, para R$ 1,986 bilhão, mas caíram 1,2 ponto como proporção da receita.

Segundo o Magazine Luiza, a alta das vendas e a diluição de despesas operacionais deram impulso ao resultado operacional medido Ebitda ajustado, que atingiu R$ 523,8 milhões, avanço de 5,6%. O número veio em linha com a previsão média de analistas ouvidos pela Refinitiv, de R$ 523,3 milhões.

Petrobras (PETR4)

A Petrobras informou que recebeu uma carta do Fundo de Investimento em Ações Dinâmica Energia e Banclass Fundo de Investimento em Ações, administrados pelo Banco Clássico, indicando Leonardo Pietro Antonelli para eleição ao conselho de administração da companhia. O Banco Clássico detém participação acionária suficiente para a inclusão de candidatos no Boletim de Voto à Distância.

Gafisa (GFSA3)

A Gafisa firmou contrato com a BM Empreendimentos visando o ingresso no empreendimento ‘Cidade Matarazzo’, na cidade de São Paulo, de acordo com fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O contrato foi assinado pela subsidiária Gafisa Propriedades e se refere à aquisição de suítes privativas com serviços de hotelaria da Rosewood.

O ‘Cidade Matarazzo’, localizado próximo à avenida Paulista, em São Paulo, na área do antigo Hospital Matarazzo, promete criar um novo espaço de convivência, aliando tecnologia, moda, beleza, gastronomia, cultura e hotelaria de altíssimo padrão. O empreendimento será aberto a toda a população.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Petz (PETZ3)

A Petz teve lucro líquido no quarto trimestre de R$ 27,4 milhões, um aumento de 65,1% sobre o ganho líquido de R$ 16,6 milhões em igual período de 2019. No último trimestre do ano passado, a receita líquida totalizou R$ 441,8 milhões, um crescimento de 57,7% sobre a receita de R$ 280 milhões do 4T19.

No 4T20, o Ebitda somou R$ 44,1 milhões, uma alta de 3,7% sobre o Ebitda de R$ 42,5 milhões do último trimestre de 2019.

Durante o ano de 2020, a companhia apurou lucro líquido de R$ 74,2 milhões, quase o dobro dos R$ 37,4 milhões em 2019.

Smiles (SMLS3)

O lucro líquido no 4T20 da Smiles ficou em R$ 89,8 milhões, em queda de 50% em relação aos R$ 179,5 milhões registrados no mesmo trimestre de 2019.

A receita líquida da empresa no quarto trimestre de 2020 alcançou R$ 211,1 milhões, queda de 16,6% sobre o resultado do 4T19. No ano de 2020, a receita foi de R$ 572,9 milhões, uma redução de 45,5% comparado com 2019.

Durante 2020, a companhia registrou lucro líquido de R$ 195,9 milhões, em queda de 68,7% sobre 2019 (R$ 626,7 milhões).

GOL (GOLL4)

A GOL ajustou sua capacidade para uma média de 355 voos por dia em fevereiro, uma redução de 28% em relação à média de 493 voos em janeiro/21. A companhia operou 469 voos diários em dias de pico, capturando parte da demanda de passageiros no feriado de Carnaval, que foi suspenso este ano. A receita bruta consolidada mensal da GOL foi de R$ 503 milhões e a taxa de ocupação média foi de 80,8%, evidenciando o foco contínuo da administração em manter as operações sustentáveis.

A empresa aérea estima ter liquidez suficiente para administrar e financiar capital de giro, despesas e serviço da dívida nos próximos meses, período de maior impacto no seu fluxo de caixa. A companhia encerrou fevereiro com cerca de R$ 2 bilhões de liquidez total, principalmente em função da redução no volume de recebíveis em aproximadamente R$ 90 milhões e da amortização de R$ 70 milhões em dívidas bancárias.

(Com Reuters)

Calendário de divulgação dos próximos resultados:

  • Raia Drogasil (RADL3) – 9 de março
  • BR Distribuidora (BRDT3) – 9 de março
  • Tegma (TGMA3) – 9 de março
  • Vulcabras (VULC3) – 9 de março

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: