Forbes Radar: 3R Petroleum, Gafisa, NotreDame e outros destaques corporativos

O Forbes Radar de hoje (17) destaca os resultados do último trimestre de 2020 das companhias brasileiras. O Grupo NotreDame Intermédica registrou lucro líquido no quarto trimestre de 2020 de R$ 155,2 milhões, alta de 18,1% em relação ao último trimestre de 2019. Já a Gafisa teve lucro líquido no quarto trimestre de R$ 29 milhões, ante o prejuízo de R$ 22,6 milhões no mesmo período do ano anterior.

Veja estes e outros destaques de negócios do dia:

3R Petroleum (RRRP3)

A 3R Petroleum encerrou o quarto trimestre de 2020 com receita líquida de R$ 85,2 milhões, alta de 4,4% em relação ao terceiro trimestre do mesmo ano. O resultado reflete a produção dos Polos Macau (83%) e Pescada (17%), onde a empresa possui participação de 35%.

A receita líquida no quarto trimestre do último ano foi de R$ 85,2 milhões, alta de 4,4% em relação ao trimestre anterior. No ano, a receita líquida totalizou R$ 204,3 milhões, sendo 84,2% referentes à venda de óleo e 15,8% à venda de gás para a Petrobras.

O Ebitda ajustado (lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) foi de R$ 50,5 milhões no último trimestre, com margem de 59,3% excluindo os efeitos de custos e despesas não recorrentes da base de cálculo.

A 3R encerrou o ano com uma produção média de 4.075 barris de óleo por dia no mês de dezembro, alta de 2,5% em relação a setembro de 2020. Em comunicado ao mercado, a companhia divulgou os dados operacionais não auditados de fevereiro de 2021: 4.593 barris de óleo por dia no Polo Macau, melhor mês de produção de óleo no ativo desde agosto de 2017. O resultado representa um aumento de 25% na produção quando comparado a fevereiro de 2020, ou de 28% em relação a junho de 2020, mês em que a 3R assumiu a operação em Macau.

NotreDame Intermédica (GNDI3)

A Notre Dame Intermédica registrou lucro líquido de R$ 155,2 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 18,1% na comparação com o mesmo período do ano anterior, reflexo da expansão da base de beneficiários e controles de custos, além da melhoria do resultado financeiro.

Em termos ajustados, o lucro cresceu 17,3%, para R$ 232,7 milhões no período, afirmou a companhia, que se apresenta como a maior empresa de assistência à saúde do Brasil de acordo com os dados de número de beneficiários divulgados pela Agência Nacional de Saúde (ANS).

A receita líquida nos últimos três meses de 2020 somou R$ 2,8 bilhões, elevação de 22,1%, e o resultado operacional medido pelo Ebitda ajustado cresceu 6,1%, para R$ 419,5 milhões.

As margens, contudo, mostraram retração na comparação ano a ano – a margem líquida caiu 0,2 ponto percentual, para 5,5%, e a margem Ebitda ajustada retraiu 2,3 pontos, para 14,9%.

As despesas gerais e administrativas (G&A Caixa) incluindo todas as aquisições de 2020, totalizaram R$ 215 milhões, alta em relação aos R$ 190 milhões um ano antes.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Gafisa (GFSA3)

O lucro líquido ajustado recorrente da Gafisa no quarto trimestre de 2020 atingiu R$ 29 milhões, ante prejuízo líquido de R$ 29,2 milhões registrado no trimestre anterior, e prejuízo de R$ 22,6 milhões no quarto trimestre de 2019. Considerando números anuais, o prejuízo líquido ajustado recorrente em 2020 foi de R$ 18,1 milhões, 51,8% menor na comparação com o prejuízo registrado no ano de 2019.

O lucro líquido do último trimestre de 2020 começa a refletir a nova safra de empreendimentos da companhia, com projetos diferenciados e margens mais robustas.

Na esfera operacional, a Gafisa alcançou R$898 milhões em VGV (Valor Geral de Vendas), o melhor desempenho anual desde 2016. De acordo com a companhia, a retomada dos lançamentos em 2020 é consequência direta da estratégia para crescimento orgânico e via operações de fusão e aquisição, considerando que 67,5% dos lançamentos são oriundos de ativos adquiridos pela nova gestão via M&A.

No quarto trimestre de 2020, o Ebitda ajustado foi de R$ 128,6 milhões, aumento de 1.523,6% quando comparado aos R$ 7,9 milhões reportados no trimestre anterior. Em relação ao quarto trimestre de 2019, o resultado apresentou uma redução de 16,5%. Em termos anuais, o Ebitda ajustado chegou a R$147,4 milhões, valor 31,1% inferior ao registrado em 2019.

Cemig (CMIG4) e CEB (CEBR3)

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) decidiu limitar a distribuição de dividendos para algumas empresas de distribuição de energia em 2021 devido ao descumprimento de limites estabelecidos para os indicadores de qualidade do serviço.

A medida, que autoriza proventos apenas no mínimo permitido pela legislação, já havia sido aplicada em 2020 para o braço de distribuição de energia da Cemig, a Cemig-D, para a estatal CEEE, para concessionárias da italiana Enel em Goiás e Rio de Janeiro, além da Cocel, que seguirão com a restrição em 2021, disse à agência em nota.

A CEB, do Distrito Federal, também passou a fazer parte da lista. A empresa era controlada pelo governo local e acabou adquirida pela Neoenergia em um leilão de privatização realizado em dezembro passado.

São atingidas pela restrição elétricas cujos índices de duração e frequência de interrupções no serviço superam os limites definidos pela agência por dois anos seguidos ou por três ocasiões ao longo de cinco anos, explicou a Aneel em nota.

Itaú Unibanco (ITUB4)

O conselho de administração do Itaú aprovou o pagamento de proventos aos acionistas até 31 de dezembro, tendo como base de cálculo a posição acionária registrada em 25 de março.

O JCP (Juros sobre Capital Próprio) será de R$ 0,05064 por ação, com retenção de 15% do imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,04304 por papel.

Eletrobras (ELET6)

A Eletrobras foi informada pelo governo ontem (16) sobre sua inclusão no Programa Nacional de Desestatização (PND), disse a companhia em comunicado.

A medida faz parte dos planos do presidente Jair Bolsonaro de privatizar a empresa e foi aprovada em reunião do conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI), acrescentou.

A reunião do CPPI que decidiu pela inclusão da Eletrobras no PND contou com a presença do próprio Bolsonaro e outros membros do governo.

A reunião também aprovou a qualificação da privatização da Eletrobras para o PPI, acrescentou a companhia. O governo afirma que “uma vez que os empreendimentos forem qualificados no Programa de Parcerias de Investimentos, eles serão tratados como prioridade nacional”, o que favorece medidas da própria administração pública para viabilização dos projetos nele incluídos.

BRF (BRFS3)

A BRF anunciou que o Canadá autorizou a exportação de asas de frango para o país a partir de duas fábricas no Mato Grosso. As aprovações envolvem as fábricas em Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. A BRF agora tem 15 fábricas aptas a vender produtos à base de frango para o Canadá, considerado pela companhia como um mercado importante.

A BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, também busca aprovação para exportar carne de suínos para o mercado canadense, informou a empresa.

Google (GOGL34)

O Google cortará pela metade a taxa de serviço que os desenvolvedores de aplicativos pagam à sua loja, a Play Store. A mudança vai reduzir as taxas da loja de aplicativos do Google de 30% para 15%, mas apenas sobre o primeiro milhão de dólares em receita anual de um desenvolvedor.

A decisão segue um movimento semelhante da Apple, que em novembro anunciou o plano de reduzir as comissões da App Store para desenvolvedores de software que ganham US$ 1 milhão ou menos a cada ano com a loja.

Ambas as companhias foram criticadas por grandes empresas como Microsoft, Spotify, bem como startups e outras empresas do setor, que alegam que as taxas privam os consumidores de escolhas e aumentam o preço dos aplicativos.

Petrobras (PETR4)

A estatal Petrobras informou que seu comitê de pessoas aprovou ontem (16) o nome do general da reserva Joaquim Silva e Luna para assumir o comando da companhia e uma vaga no conselho de administração

A Petrobras também informou que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a revogação da outorga da usina termelétrica Termocamaçari, na Bahia, e que está negociando o arrendamento da unidade com a Proquigel Química, empresa integrante do Grupo Unigel.

A empresa afirmou ainda que desde 2018 a Termocamaçari não possui contrato fixo de comercialização de energia, apesar de “esforços na busca de contratos”. A usina conta com capacidade instalada de 120 megawatts.

Segundo a Petrobras, o arrendamento da usina está alinhado à estratégia da empresa no segmento de gás e energia, com foco na comercialização do gás próprio e em um portfólio termoelétrico para autoconsumo.

Alibaba (BABA34)

Lojas de aplicativos chinesas removeram o UC Browser do Alibaba Group para celulares, após críticas no programa anual de direitos do consumidor da televisão estatal chinesa por incluir anúncios médicos de empresas não qualificadas.

A China tem apertado a regulamentação de seu vasto setor de internet, com o império de comércio eletrônico Alibaba, fundado pelo bilionário Jack Ma, sendo um dos principais alvos.

Já não era possível fazer o download do UC Browser nas lojas de aplicativos Android operadas pelos principais fabricantes de telefones chineses Huawei, Xiaomi e Vivo na noite de ontem (16), mas o navegador ainda estava disponível na loja de aplicativos chinesa da Apple.

O navegador foi um entre os vários aplicativos chineses e estrangeiros que foram alvo de críticas no popular programa “315” do horário nobre da TV Central da China.

A UC, que afirma ter mais de 400 milhões de usuários ativos por mês em todo o mundo, apresentou um pedido de desculpas após a exibição do programa, anunciando uma investigação sobre as denúncias e medidas reparadoras.

SulAmerica (SULA11)

A SulAmerica foi multada pelo Procon de São Paulo em mais de R$ 10 milhões por vender planos de saúde sem explicar detalhes ao consumidor sobre o reajuste da faixa etária e da cobrança mensal. A empresa tem direito à defesa.

De acordo com o Procon, os valores do reajuste e da mensalidades estão em ‘unidade de serviço’ (cálculo feito pela empresa), o que não é possível chegar em valores reais.

O Procon também informou que o consumidor só poderia cancelar o contrato após 60 dias, uma decisão contrária a ação civil pública, em que decidiu pela “nulidade de tal previsão”, informou o órgão.

BR Distribuidora (BRDT3)

Wilson Ferreira Junior tomou posse ontem (16) como novo presidente da BR Distribuidora. Com 40 anos de experiência no setor de energia, o executivo possui em seu currículo a presidência da CPFL Energia entre 2002 e 2016 e, desde então, o comando da Eletrobras, último posto antes de assumir a BR.

(Com Reuters)

Calendário de divulgação dos próximos resultados:

  • COPEL (CPLE6) – 17 de março
  • Estácio Participacoes (YDUQ3) – 17 de março
  • SLC Agricola (SLCE3) – 17 de março
  • Anima ON (ANIM3) – 17 de março
  • Alliar ON (AALR3) – 17 de março
  • Rossi Residencial (RSID3) – 17 de março

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).