Governo reduz em 10% imposto de importação de eletroeletrônicos e bens de capital

Andrew Kelly/Reuters
Andrew Kelly/Reuters

Segundo o Ministério da Economia, as tarifas que estão sendo alteradas não dependem de negociação com os demais países do Mercosul

O Ministério da Economia anunciou hoje (17) uma redução de 10% nas tarifas de importação de bens de capital, de informática e de telecomunicações.

A decisão abrange 1.495 produtos e passa a valer sete dias após a publicação da resolução da Camex (Câmara de Comércio Exterior) – que deve ocorrer amanhã (18).

Leia mais: Incertezas econômicas seguem elevadas em 2021, segundo o Ministério da Economia

Segundo o Ministério da Economia, atualmente as tarifas desses produtos variam entre zero e 16%. Todas as alíquotas de 2% serão reduzidas a zero. A tarifa menor “vai baratear a importação de máquinas e equipamentos utilizados por todos os setores produtivos, além de diminuir o preço de itens importados como celulares e computadores”, disse a pasta em nota.

“O objetivo é aumentar a produtividade não apenas desses setores, mas de toda a economia, beneficiando também os consumidores brasileiros”, acrescentou. Segundo o Ministério da Economia, as tarifas que estão sendo alteradas não dependem de negociação com os demais países do Mercosul. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).