Ibovespa abre estável à espera de novo pacote econômico nos EUA

O dólar registra leve alta contra o real nesta quarta-feira, ganhando 0,07% e negociado a R$ 5,76 na venda

Ana Paula Pereira
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa abre o último pregão do mês em leve alta, ganhando 0,04% aos 116.892 pontos às 10h11, horário de Brasília, acompanhando os futuros dos índices acionários em Wall Street que também trabalham no azul nesta manhã. Os investidores se posicionam à espera do novo plano de estímulo econômico norte-americano, que será apresentado na tarde de hoje pelo presidente Joe Biden.

O pacote proposto pela Casa Branca será dividido em duas partes, com a primeira parcela dos investimentos direcionados para infraestrutura, energia verde, indústria e habitação. Considerando as duas etapas do pacote, os recursos devem somar até US$ 4 trilhões distribuídos em oito anos. Entre os detalhes do plano, os investidores aguardam informações sobre as formas de financiamento dos investimentos.

Na última semana, a Casa Branca sinalizou que os recursos podem ser parcialmente custeados com aumentos de impostos para os norte-americanos mais ricos e empresas. As mudanças, no entanto, devem encontrar resistência no Congresso dos Estados Unidos.

Na agenda doméstica, o orçamento de 2021 segue em destaque. O governo avalia os possíveis impactos políticos de um veto às emendas aprovadas pelos parlamentares. De acordo com análise da XP Investimentos, “há um impasse diante da crise política que a decisão poderia gerar.”

O Congresso aprovou a lei orçamentária de 2021 na semana passada promovendo uma remanejamento de R$ 26,5 bilhões em despesas, reduzindo a estimativa de gastos obrigatórios do governo em favor de emendas parlamentares.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em documento divulgado ontem, o Tesouro Nacional afirmou que o “orçamento das despesas obrigatórias deve ser retomado para um valor realista” e que “devido ao elevado montante requerido de ajuste, será necessário o corte das emendas parlamentares para evitar uma paralisação das atividades essenciais de Estado.”

Nos indicadores, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou hoje que a taxa de desemprego ficou em 14,2% no trimestre encerrado em janeiro, ante 14,3% observados de agosto a outubro de 2020. O país havia encerrado 2020 com taxa média de desocupação de 13,5%, a maior desde 2012, de acordo com os dados da Pnad Contínua.

O dólar registra leve alta contra o real nesta quarta-feira, ganhando 0,07% e negociado a R$ 5,76 na venda, num final de trimestre protagonizado pela política doméstica após mudanças nas Forças Armadas e em vários ministérios, com os investidores acompanhando com cautela as perspectivas fiscais para o Brasil.

Na Ásia, os benchmarks de ações da China fecharam em queda nesta quarta-feira, lideradas por perdas nos setores de matérias-primas e imobiliário, com os investidores deixando de lado dados de expansão da atividade manufatureira ao ritmo mais rápido em três meses.

O índice de blue chips CSI300 recuou 0,91%, enquanto o Shanghai Composite teve queda de 0,43%. No acumulado do mês, ambos os índices registraram variação negativa, recuando 5,4% e 1,9%, respectivamente.

Na frente econômica, no entanto, o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial de indústria da China subiu a 51,9 em março ante 50,6 em fevereiro, com as fábricas no país acelerando a produção após breve pausa durante os feriados do Ano Novo Lunar e melhora na demanda global ampliando a velocidade para uma sólida recuperação econômica. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: