Ibovespa fecha em alta amparado por Wall Street e PEC Emergencial

O dólar emendou o segundo dia de forte queda ante o real, fechando em mínima de 14 dias, a R$ 5,54 na venda, queda na sessão de 1,93%.

Ana Paula Pereira
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa encerrou o pregão de hoje (11) em alta de 1,96% aos 114.983 pontos, em rota de recuperação com o viés positivo no exterior e aprovação em segundo turno na Câmara da PEC Emergencial. Os destaques da proposta são avaliados agora também em segundo turno pelos parlamentares.

A primeira etapa da votação foi concluída durante a madrugada e o objetivo da Câmara é encerrar a análise das emendas ainda hoje. De acordo com a Agência Câmara de Notícias, um dos destaques a serem apreciados permite a retirada da proibição de promoção funcional ou progressão de carreira de qualquer servidor ou empregado público, medida que contempla ainda os servidores da União.

O presidente Jair Bolsonaro disse que a aprovação do texto principal da PEC Emergencial foi uma vitória para que os investidores tenham cada vez mais confiança no país.

Em Wall Street, o dia também foi de ganhos, com destaque para o benchmark de tecnologia Nasdaq Composite, avançando 2,5% na sessão aos 13.398 pontos. O fôlego vem da estabilidade nos rendimentos dos treasuries em meio a alívio nos receios com a inflação norte-americana, além de dados indicando recuperação do mercado de trabalho no país e a aprovação do pacote fiscal trilionário proposto pela administração Joe Biden.

Dados divulgados ontem revelaram que a inflação acumulada em 12 meses nos EUA é de 1,7%, abaixo das projeções de 2%. Já os novos pedidos de auxílio-desemprego totalizaram 712 mil na semana encerrada em 6 de março, contra 754 mil na semana anterior, disse o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O dia foi positivo também para os índices S&P 500 e Dow Jones, que atingiram máximas no fechamento, avançando 1,04% aos 3.939 pontos e 0,58% aos 32.485 pontos, respectivamente.

O dólar emendou o segundo dia de forte queda ante o real, fechando em mínima de 14 dias, a R$ 5,54 na venda, queda na sessão de 1,93%, com o mercado repercutindo a expectativa de alta de juros pelo Copom na próxima semana, andamento da agenda fiscal e um ambiente externo benigno, além de nova atuação do Banco Central no câmbio.

O BC vendeu todos os 20 mil contratos de swap ofertados nesta quinta, injetando no mercado mais US$ 1 bilhão.

A inflação oficial brasileira chegou em fevereiro ao nível mais alto em cinco anos para o mês e se aproximou em 12 meses do teto da meta com a disparada dos preços da gasolina. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,86% em fevereiro ante 0,25% no mês anterior, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A leitura representa a taxa mais elevada para um mês de fevereiro desde 2016 (+0,90%). Com o resultado, a inflação em 12 meses até fevereiro chegou a 5,20%, aproximando-se do teto da meta do governo para este ano, que é de 3,75% com margem de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Uma das teorias para explicar o maior ativismo do Banco Central é que a instituição estaria mais preocupada com o risco de repasse cambial aos preços da economia, num cenário em que as expectativas de inflação de algumas casas já superam o centro da meta para 2021. (Com Reuters)

DESTAQUES DO IBOVESPA

Maiores Altas
CVCB3: +10,96% a R$ 18,12
CSNA3: +9,17% a R$ 37,28
ECOR3: +8,64% a R$ 11,57
CCRO3: +8,10% a R$ 12,54
GOLL4: +7,17% a R$ 23,03

Maiores Baixas
TOTS3: -1,99% a R$ 27,56
PRIO3: -1,64% a R$ 92,85
JBSS3: -1,38% a R$ 26,48
KLBN11: -1,20% a R$ 28,93
RADL3: -1,19% a R$ 24,06

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: