Petrobras convoca assembleia para 12 de abril para eleger conselheiros

REUTERS/PauloWhitaker
REUTERS/PauloWhitaker

A empresa não informou quem a comandará após o fim do mandato de Castello Branco, mas é possível que a petroleira tenha um comando interino nesse processo

A Petrobras anunciou hoje (11) a convocação de uma assembleia-geral de acionistas para debater, dentre outros assuntos, a aprovação do nome de Joaquim Silva e Luna e outros indicados pelo governo para o conselho de administração.

A sessão, prevista para o dia 12 de abril, foi convocada em meio ao processo de troca do CEO da companhia, Roberto Castello Branco, cujo mandato se encerra em 20 de março.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

O presidente-executivo da estatal integra o conselho e é eleito pelos seus pares. A empresa não informou quem comandará a Petrobras após o encerramento do mandato de Castello Branco, uma vez que a assembleia ocorrerá após 20 de março. De acordo com a Reuters, é possível que a petroleira tenha um comando interino em função desse processo para a escolha do CEO.

Em nota separada, a Petrobras disse que recebeu ofício do Ministério de Minas e Energia com mais duas indicações de conselheiras de administração para a próxima assembleia. Uma das indicadas é Cynthia Santana Silveira, engenheira elétrica com trajetória profissional desenvolvida na indústria de óleo e gás, tendo atuado na francesa Total por 17 anos.

A outra indicada, Ana Silvia Corso Matte, é advogada e teve atuação em empresas como CSN, Sendas e Telsul, além da Light. Atualmente é membro especialista externo do Comitê de Pessoas e Governança da Vale e especialista externo do Comitê de Indicação e Avaliação da Copel.

Esses dois nomes, com as seis indicações divulgadas ao mercado em 8 de março de 2021, completam as indicações pela União de membros ao conselho. Além das pessoas divulgadas hoje (11), serão avaliados os nomes dos candidatos Eduardo Bacellar Leal Ferreira (para presidência do conselho), Joaquim Silva e Luna, Márcio Andrade Weber, Murilo Marroquim de Souza, Ruy Flaks Schneider e Sonia Julia Sulzbeck Villalobos.

Desses, somente dois nomes integram o conselho atual (Bacellar Leal e Flaks Schneider), uma vez que boa parte dos conselheiros manifestou sua intenção de deixar o colegiado junto da substituição de Castello Branco. Além disso, a empresa disse que o executivo Leonardo Pietro Antonelli concorrerá ao cargo de membro do conselho pelos minoritários. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).