Positivo Tecnologia tem salto no lucro do 4º trimestre

A Positivo Tecnologia teve lucro líquido de R$ 149,76 milhões no quarto trimestre, impulsionada pelos efeitos das medidas de isolamento social e por ganhos tributários não recorrentes, informou a fabricante de computadores, celulares e outros produtos eletrônicos na noite de ontem (15).

As ações da companhia saltavam cerca 9,5%, a R$ 5,42, às 11h37. Os papéis não fazem parte do Ibovespa, que tinha uma desvalorização no horário de 0,28%.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

“Para 2021, os institutos de pesquisas indicam um nível crescente de demanda, com estimativas de consumo trimestral superiores aos volumes de 2019 e 2020”, afirmou a Positivo no balanço.

Segundo a companhia, as vendas de PCs no Brasil no quarto trimestre subiram 20,75% sobre um ano antes, para quase 2 milhões de unidades e encerraram 2020 em 6,3 milhões. Para 2021, a expectativa da Positivo e da empresa de pesquisa IDC, citada no balanço, é que as vendas de computadores no país cresçam 9,5%, para 6,9 milhões de unidades.

Além disso, a empresa afirmou no resultado que “segundo especialistas do setor, é esperada a manutenção da demanda aquecida por um longo período, podendo fazer com que ocorra um aumento de 15% a 20% no tíquete médio brasileiro de computadores em 2021”.

Além de computadores, tablets – segmento que a empresa voltou a explorar no quarto trimestre -, celulares e dispositivos para aplicações de Smart home, a Positivo também tem pela frente encomendas de urnas eletrônicas, depois que venceu licitação em julho do ano passado do Tribunal Superior Eleitoral.

A empresa afirmou que já tem encomendas para 147 mil urnas eletrônicas, um faturamento esperado de cerca de R$ 650 milhões, para entrega confirmada este ano e em 2022. A expectativa é de que 40% do faturamento esperado ocorra neste ano.

O balanço da companhia foi impulsionado contabilmente por ganhos tributários que incluíram R$ 139 milhões relativos à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins. Em termos ajustados, a Positivo teve lucro líquido de R$ 57 milhões no quarto trimestre ante R$ 20,85 milhões no mesmo período de 2019.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de R$ 95 milhões, mais que o dobro em relação 39,1 milhões apurados um ano antes. A margem da empresa subiu 3,7 pontos para 10,7%.

A companhia fechou 2020 com uma relação dívida líquida sobre Ebitda de 1,4 vez, queda ante o nível de 1,9 vez de 2019. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).