Superintendência do Cade recomenda aprovação de acordo Stone/Linx

Oferta de aquisição da empresa feita pela processadora de cartões foi feita em um negócio de R$ 6,8 bilhões.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

Linx afirmou que a conclusão da operação ainda depende da aprovação final do Cade

Acessibilidade


O Cade (Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica) recomendou a aprovação, sem restrições, da combinação de negócios da Linx e da Stone, anunciada em agosto do ano passado, conforme despacho publicado hoje (22) no Diário Oficial da União.

A Linx afirmou que a conclusão da operação ainda depende da aprovação final do Cade, que deve ocorrer nos próximos 15 dias se não houver manifestação de terceiros, entre outros fatores.

VEJA TAMBÉM: Cade dá aprovação final para venda da Biosev à Raízen

Em novembro, acionistas da Linx aprovaram a oferta de aquisição da empresa feita pela processadora de cartões, em um negócio de aproximadamente R$ 6,8 bilhões. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: