Volumes de negócios em criptomoedas crescem 17% em fevereiro

SuriyapongKoktong/GettyImages
SuriyapongKoktong/GettyImages

Após anúncio de investimento da Tesla em bitcoins, os volumes alcançaram US$ 2,7 trilhões no mês passado

Os volumes de negócios com criptomoedas subiram 17% em fevereiro, após o anúncio da Tesla sobre investimento de US$ 1,5 bilhão em bitcoins, segundo dados divulgados hoje (5).

Os volumes saltaram para US$ 2,7 trilhões no mês passado, enquanto os negócios nas principais bolsas de criptomoedas dispararam mais de 35%, para US$ 2,4 trilhões, segundo dados da empresa de pesquisa de mercado CryptoCompare. Bolsas menores viram os volumes subirem em 36%, para US$ 381 bilhões.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Em 23 de fevereiro, os volumes de negócios atingiram seu recorde, a US$ 159,9 bilhões, quando a bitcoin despencou 10%. A criptomoeda alcançou a cotação de US$ 58.354 e valor de mercado de US$ 1 trilhão. Desde então, a moeda digital acumula queda de cerca de 20%, sendo negociada no último pregão no patamar de US$ 47 mil dólares.

A bolsa Binance registrou o maior volume de negócios em fevereiro, de US$ 761 bilhões, alta 66% em relação a janeiro, segundo os dados da CryptoCompare. Em seguida, aparecem a Huobi e a OKEx, ambas populares entre investidores na Ásia e que viram aumentos respectivos de 12% e 26% nos volumes de negócios. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).